Ir para conteúdo principal

Olá! Está disponível uma avaliação gratuita dos planos Standard e Essentials. Comece grátis hoje mesmo.

Como vender fotos on‑line: 7 dicas e melhores práticas

Tem talento para fotografia, mas não sabe como transformar isso em um negócio? Confira este guia para saber como vender fotos on‑line.

Você descobriu que tem habilidade e talento para tirar fotos interessantes com potencial para ganhar algum dinheiro. Talvez você tenha adiado a ideia de vender fotos on-line porque a internet está cheia de imagens gratuitas e de alta qualidade. O fato é que não há nada que diga que não se pode vender fotos on-line e gerar receita com as suas imagens. Os compradores estão dispostos a pagar aos criadores de conteúdo e a pagar pelas suas fotos.

Ganhar renda com a venda de fotos on-line é uma ótima maneira de gerar renda passiva para você e também de desenvolver sua marca como fotógrafo. Se você está hesitando em vender suas fotos ou não tem certeza se vale a pena investir tempo nisso, não há melhor momento como este para começar.

Colocar fotos on-line para venda não leva muito tempo, mesmo com trabalho de pós-processamento, e você pode aumentar seu portfólio de fotos à venda no seu próprio ritmo. Veja a seguir como vender fotos on-line e transformar o que fez por diversão em algo maior para você mesmo.

Escolha uma especialidade fotográfica

A fotografia, assim como qualquer outro tipo de arte, possui áreas de especialidade. A razão por trás da especialização em uma determinada área da fotografia é que quanto mais você se concentra na criação de um determinado tipo de imagem, melhor fica. À medida que suas habilidades melhoram ou você as aperfeiçoa ainda mais, você será capaz de desenvolver sua reputação como fotógrafo que pode criar fotos excelentes de um determinado tipo. Mesmo que você esteja se concentrando em uma área específica da fotografia, isso não restringe seu público potencial de vendas. A especialização também ajuda a aprender como vender para qualquer público que esteja procurando fotos de qualidade para as próprias necessidades.

Certas áreas da fotografia são mais lucrativas do que outras, e aquelas que pagam uma boa quantia nem sempre são óbvias. A fotografia de acervo é frequentemente um tipo de renda para fotógrafos, já que os clientes querem certos tipos de imagens que representem os valores deles.

Tirar fotos de pessoas em diversos ambientes, como em um escritório, um piquenique, passeando na calçada etc., é algo que aparece em folhetos e literatura promocional. Por outro lado, fotos da natureza podem ser imprevisíveis porque um local popular é fotografado repetidamente e tem uso limitado. O ideal seria você dominar a fotografia de produtos porque os produtos precisam de fotos, e até mesmo imagens genéricas de produtos podem vender bem.

Encontrar sua especialidade não apenas ajuda a melhorar suas habilidades fotográficas, mas também ajuda a desenvolver sua marca como fotógrafo que faz um excelente trabalho na especialidade escolhida. Com o tempo, você pode usar o que aprendeu e se dedicar a outras áreas semelhantes, mas diferentes o suficiente para mostrar que é capaz de mais de um estilo.

Crie uma marca

A criação da sua marca ajuda você a obter reconhecimento dos clientes e melhorar suas vendas. Com o tempo, as pessoas que encontram seu nome aprendem a associá-lo à produção de um determinado tipo de imagem. A consistência é fundamental para criar sua marca e é especialmente benéfica se você vende em várias plataformas. Com o tempo, você descobrirá que é fácil vender on-line porque tem um público que entende e aprecia o que você tem a oferecer.

Não se esqueça de criar seu próprio site para promover as imagens que você não deseja colocar à venda em outros locais. A exclusividade também ajuda a criar a sua marca, pois os clientes visitarão seu site para conferir o seu trabalho mais recente. Eles também procurarão suas contas em vários sites de compartilhamento de fotos, mas acessarão o seu site para se conectar diretamente com você.

Escolha uma plataforma para vender as suas fotos

A internet está cheia de sites projetados em torno da hospedagem e venda de fotos. Você cria uma conta em qualquer um desses sites, envia a sua imagem e recebe um valor à medida que cada imagem é vendida. Quanto você ganha por venda depende do site.

Por exemplo, a Shutterstock paga 25 centavos por download, e o valor aumenta à medida que suas vendas aumentam. Por outro lado, a iStockPhoto paga uma comissão de 15% sobre cada imagem vendida e também aumenta o valor da comissão para fotos mais populares.

Um dos melhores sites de hospedagem de imagens é o Getty Images, mas você precisa ser um fotógrafo estabelecido para vender no site. Você precisará estabelecer sua marca e ter um histórico de criação de imagens de alta qualidade para ser escolhido pelo Getty. Por outro lado, você pode preferir vendê-las na Alamy, pois o site oferece uma comissão de 50% sobre todas as vendas.

Expanda seus fluxos de receita

A internet está cheia de oportunidades para vender suas imagens, e elas incluem mais do que sites de biblioteca de fotos. Você deve, é claro, criar contas para vender suas fotos em mais de um ou dois sites de biblioteca de fotos, mas também deve explorar outros sites onde possa vender fotos e mercadorias on-line. Isso aumenta muito o valor que você pode obter com uma única imagem.

Existem momentos em que uma foto funciona bem como decoração de parede, impressão para pôster ou camiseta. Esses pontos de venda permitem que você expanda seus fluxos de receita e ganhe mais dinheiro do que ganharia restringindo-se a bibliotecas de fotos. Sites como o Etsy permitem colocar um arquivo de imagem para download para um cliente, e o Teespring permite escolher o tipo de mercadoria em que você deseja colocar sua imagem.

Como definir o preço de suas fotos

A definição do preço de suas fotos para venda on-line é diferente do preço pelo qual você as venderia para um cliente. Vender diretamente para um cliente envolve a transferência de propriedade e direitos, um preço por hora com um determinado número de fotografias finalizadas ou um pacote que cubra todos os custos. Por outro lado, a venda de fotos on-line envolve diferentes variáveis que precisam ser levadas em consideração ao definir seu preço.

Crie uma fórmula para obter equilíbrio e lucro

Como fotógrafo, você está criando uma mercadoria para vender em forma de uma fotografia. Você precisa definir um valor por hora de serviço, independentemente de como pretende vender fotos on-line. Isso é importante mesmo se estiver simplesmente indo a locações para tirar fotos interessantes, sem outro motivo a não ser colocá-las em um site de fotos para obter renda residual. Você deseja ser capaz de gerar receita suficiente em todos os pontos de venda para cobrir, no mínimo, sua taxa básica.

Um fotógrafo profissional geralmente cobra taxas distintas para os diferentes serviços que presta. Isso pode incluir o tempo de viagem até um local, o tempo gasto no local e o tempo tirando fotografias, juntamente com a quantidade de esforço necessário para captar as imagens e para o pós-processamento para tratar as imagens para apresentação. Todas essas taxas são combinadas para se chegar um custo final. Você pode definir uma taxa por hora fixa para todos esses itens se estiver planejando vender fotos apenas on-line, ou pode usar as diferentes variáveis de custo se elas se aplicarem ao tipo de fotografia em que está se envolvendo.

O valor final para cobrir o custo de seus serviços pode ser considerado o valor do ponto de equilíbrio para o trabalho concluído. Ou seja, qualquer valor que você ganhar acima disso será o lucro, enquanto qualquer valor que você ganhar abaixo disso será o prejuízo. Isso também lhe orienta quando você está precificando suas fotos para um site de biblioteca de fotos ou uma venda privada.

Venda de fotos de estoque

Uma foto de estoque é aquela que pode ser vendida várias vezes e acompanhada por uma licença de uso limitado. Você pode definir a quantidade de vendas como ilimitada e colocar um preço nela que incentive mais pessoas a comprarem.

Por exemplo, você tem uma foto semelhante a muitas outras que você ou outra pessoa tirou. A semelhança do cenário na imagem é tal que tem pouco valor intrínseco. Porém, ainda há algum valor na imagem e é um valor que você deve arrecadar por meio de vendas. Você pode querer definir um preço baixo para competir com fotografias semelhantes e ganhar dinheiro com o volume de vendas.

Cada venda contribui para o valor do ponto de equilíbrio da foto. Isso significa que pode levar algum tempo para chegar ao ponto em que a foto se pague, mas uma foto que tenha vendas consistentes pode gerar lucro após atingir o ponto de equilíbrio. Você terá que usar seu bom senso sobre quanto tempo deseja dedicar ao processamento de uma imagem para esse tipo de venda.

Transformando uma foto em uma edição limitada

Digamos que você tirou uma foto que representa alguns dos melhores trabalhos que já fez com fotografia. Demorou para capturar a imagem e ainda mais para corrigir detalhes durante o pós-processamento. Você quer compartilhá-la com o mundo, mas manter a propriedade dos direitos de publicação. Uma edição limitada permite que você ganhe dinheiro com a foto e seus esforços ao mesmo tempo em que permite que você mantenha o controle sobre seu uso.

Ganhe dinheiro com as suas fotografias

Vender fotos on-line pode ser algo que você faz com qualquer nível de experiência. Você pode preferir fazer isso paralelamente ou começar a desenvolver sua reputação como fotógrafo profissional e fazer disso sua carreira. As dicas acima foram criadas para ajudar você a fazer o seu melhor, não importa como decida vender suas fotos on-line.

Para obter mais insights, confira os recursos de fotografia do Mailchimp. O Mailchimp apresenta uma visão detalhada sobre como usar várias ferramentas de fotografia, bem como criar e-mails usando as suas imagens. Você pode aprender como melhorar as suas habilidades de edição e como criar uma campanha de e-mail que aumente as vendas de suas imagens.

Compartilhar este artigo