Ir para conteúdo principal

Olá! Está disponível uma avaliação gratuita dos planos Standard e Essentials. Comece grátis hoje mesmo.

Canibalização de conteúdo e palavras‑chave: como evitar prejudicar seu SEO?

A canibalização de conteúdo e palavras‑chave pode prejudicar seu SEO. Saiba como evitá‑la e criar um conteúdo mais diversificado com este guia.

A canibalização de palavras-chave é um conceito que alguns especialistas em SEO (do inglês, Search Engine Optimization) tendem a ignorar. Mas o conteúdo duplicado devido à canibalização de conteúdo e palavras-chave pode realmente fazer a diferença para a classificação das suas páginas nos mecanismos de busca.

Use este guia para entender o que constitui ou não canibalização de conteúdo e de palavras-chave e como você pode ajustar seu site para aumentar seu desempenho online.

Antes de prosseguirmos, precisamos esclarecer uma coisa:

A canibalização de conteúdo ou palavras-chave não se refere apenas a duas páginas sobre o mesmo tópico. Não se refere sequer à existência das mesmas palavras-chave em diversas páginas.

A canibalização gira em torno de ter um conteúdo e palavras-chave em suas páginas que pareçam iguais para o Google.

O Google já não se limita a indexar palavras-chave. Examina também como suas páginas correspondem à intenção do buscador. Um conteúdo que foi copiado de outras páginas do seu site (ou, pior, de outros sites) não é problemático a não ser que use as mesmas palavras-chave e corresponda à mesma intenção das outras páginas. Mas como saber como o Google mensura a intenção de suas páginas?

O que é canibalização de palavras-chave?

Você provavelmente já ouviu falar em preenchimento de palavras-chave.

O preenchimento de palavras-chave consiste na repetição de uma palavra-chave vezes sem conta, incluindo até mesmo adicioná-la em uma fonte mínima para que seja lida pelos bots de mecanismos de busca, mas os humanos não possam vê-la. O resultado é um conteúdo com características de spam que não consegue corresponder à intenção de busca de um leitor.

Embora o preenchimento de palavras-chave tenha sido uma estratégia viável de SEO nos anos 1990, atualmente é uma técnica pesadamente penalizada. A maioria dos profissionais de marketing de conteúdo se empenha ao máximo em manter o número de palavras-chave abaixo de 2,0% do total de palavras, a não ser que fluam naturalmente ao longo do texto.

A canibalização de conteúdo é um pouco diferente. Uma das melhores definições de canibalização de conteúdo é fornecida pelo próprio Google.

Há vários anos, um AMA do Reddit perguntou ao Analista de Tendências de Webmaster do Google John Mueller:

Como o Google interpreta a canibalização de palavras-chave? Muitos profissionais com experiência em estratégias de marketing digital acreditam que a publicação de diversas páginas sobre o mesmo tópico confunde os mecanismos de busca e resulta em classificações mais baixas.

Confiram a resposta de John Mueller:

"Simplesmente classificamos o conteúdo que obtemos. Se o site tiver um monte de páginas com um conteúdo mais ou menos igual, elas terminarão competindo entre si. É uma situação muito parecida com a de um monte de crianças em uma escola todas querendo ser a primeira da fila. Eventualmente, alguém acaba se insinuando na frente. Pessoalmente, prefiro algumas poucas páginas com um conteúdo sólido a um monte de conteúdo mais irrelevante. Não desperdice o valor do seu site."

Uma outra forma de canibalizar conteúdo e palavras-chave é a seguinte:

Se você não consegue decidir qual página do seu site deve obter uma classificação mais alta, o Google também não vai conseguir.

Confira a seguir um exemplo de conteúdo canibalizado.

Suponha que você tenha um site sobre sapatos. Seus criadores de conteúdo canibalizaram conteúdo de modo que sua palavra-chave para cada página seja "shoes" (sapatos). Seu conteúdo não tira o máximo proveito de palavras-chave de cauda longa específicas para cada página, como sapatos esportivos, sapatos femininos, sapatos de dança, sapatos ortopédicos etc.

As palavras-chave não são o único fator que o Google leva em conta para classificar suas páginas. Você continua podendo ter páginas que obtêm uma boa classificação nos mecanismos de busca.

Mas pode também ter páginas que não obtêm classificação nenhuma, porque o Google as vê como conteúdo duplicado. Poucos clientes encontrarão essas páginas, e o tráfego total do seu site vai depender, desigualmente, do desempenho de apenas algumas páginas.

A canibalização de conteúdo é ruim para o meu site?

Muitos proprietários de sites nem sequer estão cientes do prejuízo que a canibalização de conteúdo e palavras-chave pode causar aos seus sites. Estão contentes de ter uma ou duas páginas que aparecem na primeira página da mesma consulta de busca, quando poderiam estar obtendo os mesmos resultados de busca orgânica com a maioria das páginas de seu site. A canibalização de conteúdo pode afetar o SEO de forma desastrosa e os administradores de sites podem nem ficar sabendo.

As consequências práticas da canibalização incluem tráfego de pesquisa direcionado para o lugar errado, classificações instáveis na SERP e vendas perdidas, e são o resultado de seis tipos diferentes de problemas da estratégia de SEO.

A canibalização de conteúdo reduz a autoridade da página

Você quer que todas as páginas gerem a CTR (taxa de cliques) mais alta possível. As páginas com palavras-chave e conteúdo diferenciados que correspondem à intenção de busca de maneira única se tornam altamente autoritativas. Com a canibalização, você obtém diversas páginas moderadamente autoritativas em vez de uma única página altamente autoritativa.

Pense nesse problema como se o seu site fosse uma biblioteca (e em alguns aspectos, é mesmo).

Você preferiria ter dois livros contendo uma pequena parte das informações que seu público-alvo deseja sobre um tópico importante ou um único livro contendo todas as informações que os frequentadores da biblioteca desejam? O conteúdo canibalizado direciona os buscadores para diversas páginas que não contêm realmente o que eles estão buscando.

A canibalização de conteúdo dilui o poder dos backlinks e do texto âncora

Quando o conteúdo foi canibalizado, backlinks que poderiam ter sido direcionados para uma única página altamente autoritativa são divididos entre diversas páginas que não têm um desempenho tão bom. Em vez de investir um bocado de esforço para obter dez backlinks para uma página e dez backlinks para outra, você obtém mais tráfego ao conseguir 20 backlinks para uma única página.

O Google pode classificar suas páginas por palavras-chave que nem estão na sua página, se elas forem usadas como texto âncora. Quanto mais backlinks você tiver na mesma página, mais crédito a página obterá no Google devido aos termos usados em backlinks.

Canibalização de conteúdo é um sinal de páginas de baixa qualidade

A canibalização de conteúdo mostra que suas iniciativas de criação de conteúdo estão escasseando. Também sinaliza para o Google que seus criadores de conteúdo estão mais preocupados em contar palavras-chave do que em criar um conteúdo útil que corresponda à intenção de busca.

A canibalização de conteúdo desperdiça o orçamento do rastreador do Google para a sua página

Os mecanismos de busca do Google não estão cientes de suas páginas até que sejam rastreadas por seus bots. O rastreamento não é constante. Os bots de rastreamento do Google só visitam seu site a intervalos de quatro a 30 dias.

A canibalização de conteúdo reduz sua taxa de conversão

A canibalização de conteúdo impede que seu conteúdo seja uma correspondência perfeita para a mesma consulta no mecanismo de busca. Em vez disso, os buscadores obtêm um conteúdo que atende "relativamente" às suas necessidades. Suas taxas de conversão certamente serão afetadas.

O conteúdo canibalizado desvia os bots de rastreamento das páginas que você quer destacar no seu site. Quanto maior o seu site, mais o conteúdo canibalizado interfere na indexação.

Como posso saber se meu site tem conteúdo canibalizado?

Felizmente, é fácil determinar se seu site tem problemas de canibalização de palavras-chave. Tudo o que você precisa fazer é criar uma planilha listando as URLs das suas páginas e as respectivas palavras-chave.

Se perceber um padrão do tipo

https://myshoesite,com/home_page/shoes

https://myshoesite,com/loafers_page/shoes

https://myshoesite,com/runningshoes_page/shoes

você poderá detectar o problema rapidamente.

Ou suponha que você está tentando otimizar as postagens de blog da sua pequena empresa. Uma série de URLs, todas se referindo a "SEO" seria uma forte indicação de conteúdo canibalizado.

Se tiver um site com muitas páginas, você pode fazer uma pesquisa de palavras-chave com uma ferramenta de mapeamento de palavras-chave, pesquisar palavras-chave duplicadas ordenando a coluna com as palavras-chave e, a seguir, realizar uma pesquisa de palavras-chave manualmente, ou, ainda, usando a função de valores duplicados do Excel ou o comando SQL DISTINCT.

Quer levar em conta a intenção de busca ao avaliar o SEO do seu site? É fácil. Basta usar o Google Search Console.

Seu Search Console irá listar os termos de pesquisa que resultaram em cliques nos links do seu site. Clique em uma dessas consultas e, em seguida, vá para a guia “Páginas”. A próxima tela mostrará as URLs de páginas do seu site que obtiveram cliques provenientes desse termo de pesquisa.

Se aparecerem duas, três, quatro ou até mais URLs listadas para o mesmo termo de pesquisa você pode estar enfrentando um problema de canibalização de palavras-chave.

Continua procurando uma forma de encontrar palavras-chave canibalizadas?

Use o operador site:search em uma página de pesquisa do Google.

Digite o site:[nome do seu domínio] e, em seguida, a palavra-chave, na barra de pesquisa do Google. O Google retornará uma lista de páginas do seu site que considerar relevantes e otimizadas para a palavra-chave em questão. Se a lista incluir páginas duplicadas, ou páginas que você não esperava, você provavelmente está tendo um problema de canibalização de conteúdo.

Lembre-se: o Google classifica as páginas com base no grau de exatidão de sua correspondência com a intenção de busca, não apenas nos termos de busca.

Como corrigir a canibalização de palavras-chave

A correção de problemas de canibalização em um site costuma ser uma questão de reestruturação do seu site, mas problemas de SEO persistentes podem requerer o uso de novas landing pages (páginas de destino) ou redirecionamentos 301.

A solução mais simples para os problemas de canibalização de palavras-chave consiste em converter sua página mais autoritativa em uma landing page e, em seguida, criar links para outras páginas que ofereçam uma informação mais detalhada sobre variações de cauda longa da sua palavra-chave de destino.

No exemplo acima, você poderia transformar "shoes" (sapatos) na sua palavra de origem canônica e vincular outras páginas contendo variações específicas de sapatos.

Alternativamente, você poderia criar uma nova landing page que combinasse as informações de todas as suas páginas em um único lugar. A seguir você criaria palavras-chave de destino mais gerais na sua landing page e palavras-chave mais longas em suas páginas direcionadas.

Se você já tem páginas ricas em conteúdo com uma excelente experiência do usuário, opte por mudar suas palavras-chave. Encontre palavras-chave que descrevam com mais exatidão o conteúdo de cada página.

Ou, ainda, consolide páginas com desempenho inferior em uma única página mais autoritativa, o que também pode resolver problemas de conteúdo escasso.

Por fim, considere usar o redirecionamento 301 que encaminha os visitantes para páginas com conteúdo semelhante, porém mais confiável. Mas não se esqueça de que essa tática só funciona para resultados de busca semelhantes.

Como identificar e evitar a canibalização de palavras-chave

Existe uma maneira simples de evitar o uso repetido da mesma palavra-chave.

Faça auditorias periódicas de SEO de canibalização — uma parte essencial de suas estratégias de conteúdo.

Mesmo sites bem-concebidos podem acumular conteúdo canibalizado. Além disso, as medições de intenção de busca do Google podem mudar. Manter-se atualizado quanto às classificações de conteúdo duplicado e tomar as providências corretivas adequadas pode permitir que você mantenha altas taxas de conversão e de cliques.

Encontre tudo de que você precisa para criar um site no Mailchimp. O Mailchimp tem também as ferramentas de que você precisa para aumentar o tráfego web de um site existente. Entre em contato conosco para fazer suas perguntas ainda hoje!

Compartilhar este artigo