Ir para conteúdo principal

Olá! Está disponível uma avaliação gratuita dos planos Standard e Essentials. Comece grátis hoje mesmo.

As 13 melhores práticas de marketing por e‑mail

Neste guia, descrevemos alguns dos erros que qualquer profissional de marketing por e‑mail pode cometer e damos dicas sobre como evitá‑los, especialmente se está começando.

Hero image for Common Rookie Mistakes for Email Marketers

Não importa o setor em que sua empresa opera, um marketing por e-mail eficiente é essencial. Quando executadas corretamente, as campanhas por e-mail podem aumentar o envolvimento, converter clientes potenciais, impulsionar as vendas, aumentar o tráfego do site e muito mais. Mas como você garante que suas campanhas de e-mail sejam atraentes e interessantes?

Embora criar uma campanha eficaz possa parecer um desafio, nossa lista especialmente selecionada de melhores práticas de marketing por e-mail pode garantir que você atinja suas metas. As 13 práticas recomendadas abaixo podem ajudar você a desenvolver uma estratégia de marketing por e-mail bem-sucedida.

Email marketing best practices

1. Escreva um texto cativante

O e-mail geralmente é um ponto de entrada no marketing digital para pequenas empresas. Se você recém chegou, pode se sentir tentado a incluir frases sensacionais como “Compre agora!” ou “Oferta por tempo limitado!” em suas linhas de assunto porque você viu outras empresas fazerem isso. No entanto, tenha em mente que o que funciona para uma empresa pode não atrair seu público.

Ao escrever linhas de assunto e conteúdo para seus e-mails, a regra geral é torná-los relevantes e interessantes para seus assinantes. Escreva linhas curtas de assunto que digam, em vez de vender, o que está no seu e-mail. E evite enviar textos de vendas instigantes e frases cativantes que podem irritar seus assinantes e deixar seus e-mails presos em filtros de spam.

2. Evite enviar campanhas para uma lista obsoleta

Uma lista de e-mails ficará obsoleta muito rapidamente se você não a enviar regularmente, mesmo que todos os endereços tenham sido adicionados por meio de um processo de confirmação dupla.

Pense nisso: Se você não enviar e-mails aos seus assinantes regularmente, é muito provável que eles se esqueçam que se inscreverem na sua lista. Enviar e-mails para listas com muitos endereços obsoletos pode levar a altas taxas de devoluções, reclamações de spam e assinaturas canceladas.

If you think there are email addresses that have stale, ask contacts to reconfirm their subscription

Uma dica eficaz de marketing por e-mail que pode impedir que isso aconteça é criar um cronograma de campanha. Isso garante que seus contatos inscritos recebam seus e-mails regularmente e que você permaneça em primeiro lugar. Se você acha que há endereços de e-mail na sua lista que ficaram obsoletos, peça aos contatos para reconfirmar a assinatura deles.

3. Enviar apenas campanhas de e-mail com permissão

Criar uma lista de marketing por e-mail de qualidade leva tempo, paciência e um processo de inscrição verificável. Obter a permissão das pessoas para enviar suas campanhas de marketing não apenas cumpre os regulamentos antispam, mas também garante que você esteja cultivando um público leal à sua marca.

Na Mailchimp, recomendamos que os usuários adicionem assinantes à sua lista por meio de um processo de confirmação dupla, que geralmente inclui um formulário de inscrição e um e-mail automatizado que é enviado imediatamente a um assinante para que ele possa confirmar sua assinatura.

É importante obter permissão das pessoas que você deseja enviar por e-mail para que elas saibam o que estão se inscrevendo. Como resultado, você também terá provas concretas de que eles queriam receber suas comunicações de marketing.

Aqui estão 2 coisas importantes para ter em mente quando se trata de listas baseadas em permissão:

Certifique-se de ter permissão de todos os seus destinatários antes de enviar seu primeiro e-mail de marketing

Quando você pede permissão às pessoas para enviar suas campanhas de marketing, isso ajuda a garantir que todos os seus destinatários queiram receber suas mensagens. Ter uma lista baseada em permissão significa que seus assinantes se inscreveram por meio de um formulário de inscrição que você compartilhou em seu site e canais sociais ou pediram explicitamente que você os adicionasse. Isso não apenas resultará em menos reclamações de spam em suas campanhas, mas também irá melhorar a entregabilidade com taxas mais altas de abertura e cliques.

Todos os destinatários devem entender para que estão se inscrevendo e por que estão recebendo e-mails de você

Seu formulário de inscrição deve esclarecer que tipo de e-mail você enviará e com que frequência. Como os assinantes às vezes podem esquecer que já se inscreveram, é útil incluir um breve lembrete em cada um dos seus e-mails sobre por que estão recebendo. Um lembrete de permissão pode ser uma frase curta que diz aos assinantes que estão recebendo um e-mail de você porque preencheram um formulário no site da sua loja.

4. Não compre listas de e-mail

Não recomendamos comprar uma “lista totalmente legítima de 30 milhões de e-mails de confirmação” de um spam que cai na sua caixa de entrada. Embora não seja tecnicamente ilegal, muitos ESPs proíbem o envio para listas compradas. A maneira como muitos fornecedores se dão conta disso é coletando endereços de e-mail e perguntando aos membros se eles gostariam de receber ofertas especiais de terceiros.

ESPs prohibit sending email campaigns to purchases lists

Como uma plataforma de marketing líder, a Mailchimp tem uma política rigorosa de lista baseada em permissão. Não fornecemos, vendemos, compartilhamos ou alugamos listas de e-mail para usuários. Também não permitimos que listas compradas, publicamente disponíveis, de terceiros ou alugadas sejam importadas para o nosso sistema.

5. Segmente seu público

A segmentação é, muitas vezes, uma prática recomendada de marketing por e-mail negligenciada porque pode ser desafiador realizar, especialmente sem o conjunto certo de ferramentas. A ideia por trás da segmentação é desenvolver categorias com base nos traços do cliente, como dados demográficos, comportamento de compra e assim por diante. Em seguida, você promove para cada segmento de público de acordo.

Por exemplo, você pode ter um segmento de comprador repetido ou um segmento que inclua contatos de um CEP específico. Embora esses dois grupos possam gostar do que você oferece, você não promove seus produtos ou serviços da mesma forma.

Tenha o segmento em mente ao criar campanhas de e-mail. Use diferentes linguagens e modos de apelo com cada um.

6. Saiba a diferença entre e-mails transacionais e marketing por e-mail

Você tem uma lista de clientes que compraram produtos da sua loja on-line? A maioria das pessoas que faz compras on-line gosta de receber recibos e notificações de envio de seus pedidos por e-mail. Esses tipos de mensagens individuais são conhecidos como e-mails transacionais e são diferentes das campanhas de marketing por e-mail porque são enviadas para clientes individuais em vez de em massa.

Mas a outra diferença importante entre marketing por e-mail e e-mail transacional é que as pessoas precisam optar por receber suas comunicações de marketing. Por outro lado, os destinatários de transações podem receber informações sobre suas compras, como recibos e notificações de envio, sem se inscrever no seu marketing por e-mail.

7. Leve o tempo que precisar criando campanhas

Há muitas práticas recomendadas para marketing por e-mail, mas correr para mandar e-mails não é uma delas. Sabemos que você pode estar sob a pressão de um prazo rigoroso, mas acelerar o processo de criação da campanha sem pensar no seu design, conteúdo e assunto pode causar alguns problemas. Se o seu conteúdo não for relevante para os seus assinantes ou for diferente do que eles se inscreveram, é possível que você veja uma diminuição nas aberturas e cliques ou um aumento nas reclamações de spam e taxas de cancelamento de assinatura. Então, desacelere, respire e certifique-se de que sua lista e campanhas estejam em condições perfeitas.

8. Entenda os filtros de spam

Os filtros de spam de e-mail usam uma longa lista de critérios para decidir se sua campanha será ou não colocada na pasta de spam de um destinatário. A lista de critérios de spam está em constante crescimento e se adaptando porque os filtros aprendem mais sobre como é o spam toda vez que alguém clica em “Isto é lixo eletrônico” ou “Marcar como spam” em seu cliente de e-mail. Os filtros de spam até mesmo se sincronizam uns com os outros para compartilhar o que aprenderam.

Não há fórmula mágica para evitar filtros de spam, mas temos algumas dicas que os profissionais de marketing por e-mail podem usar para evitar os erros mais comuns que fazem com que os e-mails sejam marcados como spam.

  • Mantenha uma boa reputação de envio. Alguns filtros de spam sinalizarão uma campanha se alguém com o mesmo endereço IP tiver enviado spam no passado. Quando você envia por meio da Mailchimp, sua campanha é entregue por meio de nossos servidores. Portanto, uma pessoa sendo sinalizada como spam poderá afetar a entregabilidade para nossos outros usuários. É por isso que trabalhamos vigilantemente para manter nossa reputação de envio intacta, e exige que os usuários cumpram nossos Termos de Uso.
  • Use modelos de e-mail que estejam codificados corretamente. Código desleixado, tags extras ou código de formatação extraído de um editor de rich text podem acionar filtros de spam. Se você não estiver familiarizado com o código HTML, recomendamos usar um de nossos modelos ou trabalhar com um especialista.
  • Deixe suas intenções claras. Você também vai querer ter certeza de que sua intenção está clara para que seus assinantes saibam por que você está enviando um e-mail para eles.
  • Certifique-se de que todos os assinantes da sua lista tenham optado por receber suas campanhas. Essa é a maneira mais fácil de garantir que ninguém cancele a assinatura, reclame ou relate suas campanhas.
  • Seja consistente.. Tente não se afastar muito do conteúdo e design que seu público já associa à sua marca, site ou canais de redes sociais.

9. Teste seus e-mails

O teste A/B, também conhecido como teste dividido, permite que você envie diferentes versões da sua campanha aos seus assinantes para descobrir qual forma da campanha oferece os melhores resultados.

Com os testes A/B, você quer descobrir qual segmento gosta mais de quais tipos de conteúdo. Portanto, você quer prestar muita atenção aos resultados e não repetir mensagens não apreciadas para as pessoas erradas. O teste é fundamental para escrever e-mails de vendas que convertem.

As campanhas que você cria na Mailchimp sempre serão um pouco diferentes quando forem enviadas e visualizadas nas caixas de entrada dos seus destinatários. E diferentes clientes e dispositivos de e-mail exibem e-mails HTML de acordo com seus mecanismos de renderização individuais. Antes de enviar um e-mail, recomendamos usar as ferramentas de visualização e teste que criamos para que você possa visualizar como será o seu design como uma campanha ao vivo em vários clientes de e-mail.

Com apenas alguns cliques, nosso recurso Inbox Preview automatiza esse processo de teste gerando diferentes renderizações da sua campanha, pois ela aparecerá em até 40 clientes de e-mail.

10. Analise relatórios de campanha

Ignorar seus relatórios significa que você perderá informações importantes sobre seus clientes e campanhas que podem informar sua estratégia de marketing. Manter o controle sobre o dia e a hora em que suas campanhas apresentam o maior envolvimento dirá quando você deve enviar seus e-mails de e-commerce para obter o maior retorno. Os relatórios da sua campanha fornecerão insights sobre o que um público gosta e não gosta em termos de e-mails. Prestar atenção a esses relatórios é a chave para criar e-mails que seu público realmente quer ver. Ele também pode ajudá-lo a identificar o melhor momento para enviar um e-mail.

Um dos benefícios de usar a Mailchimp para seu marketing por e-mail é poder rastrear e medir os resultados de cada campanha que você envia. O painel de controle de contas e os relatórios de campanha da Mailchimp contém muitos dados que podem ajudá-lo a analisar o desempenho das suas campanhas e fornecer insights sobre o que você pode fazer para melhorar campanhas futuras. Você também pode usar as estatísticas de marketing por e-mail da Mailchimp por setor como referência.

Se você é um vendedor on-line e conecta sua loja a Mailchimp, pode rastrear dados de e-commerce de seus clientes para criar campanhas e automações personalizadas. Nossos segmentos de e-commerce permitem que você restrinja seu público e envie campanhas mais relevantes se quiser exibir itens da sua loja para clientes que compraram produtos semelhantes ou oferecer um desconto para aqueles que gastaram mais de um determinado valor.

11. Evite usar um e-mail noreply

A melhor prática de uma campanha de e-mail que não deve ser ignorada é evitar usar endereços de e-mail noreply. Endereços de e-mail noreply não permitem que você receba respostas de destinatários. Como resultado, você pode perder conversas valiosas com seu público. Esses tipos de e-mail geralmente levam a uma experiência ruim do cliente, especialmente se você não tiver fornecido outra maneira para seus leitores entrarem em contato com você. E-mails noreply também afetam significativamente a entregabilidade, pois geralmente são filtrados como spam.

12. Garanta que os e-mails fiquem bem no celular

Muitos consumidores lerão seus e-mails em seus dispositivos móveis, independentemente do setor em que você estiver. Por isso, é importante garantir que seus e-mails tenham uma boa aparência em um formato móvel. Certifique-se de que o texto cabe bem na tela, de que tudo esteja funcionando e que o conteúdo seja fácil de ler. Este é apenas um aspecto do bom design de marketing por e-mail.

Com a Mailchimp, você pode visualizar facilmente seus e-mails para garantir que eles tenham uma boa aparência em diferentes clientes de e-mail da web e móveis.

13. Personalize seus e-mails

Personalizar e-mails individuais é uma maneira poderosa de definir a fidelidade do cliente. Todos gostam de se sentir ouvidos, e personalizar e-mails para incluir o nome de um contato é uma maneira de fazer exatamente isso. Você também pode incluir recomendações de compras personalizadas ou códigos promocionais de aniversário para demonstrar seu apreço.

Aplique o que você aprendeu e crie uma campanha de marketing por e-mail eficaz

Agora que você analisou essas práticas recomendadas de marketing por e-mail, sabe o que fazer e o que evitar ao criar uma campanha de e-mail. Dessa forma, você pode superar a concorrência e começar a nutrir o relacionamento com seus clientes.

A Mailchimp oferece ferramentas poderosas que tornam o marketing por e-mail mais gerenciável. De criadores de e-mail fáceis de usar a ferramentas de segmentação, podemos ajudá-lo a alcançar mais caixas de entrada e impulsionar seus esforços de marketing. Saiba mais sobre nosso software de marketing por e-mail e comece a alcançar suas metas hoje mesmo.

Compartilhar este artigo