Ir para conteúdo principal

Olá! Está disponível uma avaliação gratuita dos planos Standard e Essentials. Comece grátis hoje mesmo.

Como medir o tráfego do seu site

Medir e monitorar o tráfego do seu site pode ajudar você a determinar o desempenho do seu site. Veja como começar aqui.

Ter uma presença on-line forte é importante para praticamente qualquer tipo de empresa. Quer esteja tentando atrair tráfego local, nacional, internacional ou on-line, você não tem chance se as pessoas não conseguirem encontrar você on-line.

E, mesmo que você já tenha uma presença on-line forte, ainda há outra questão a considerar: você está conseguindo o tipo certo de tráfego para o seu site? E, novamente, como você saberia se está obtendo o tráfego certo? A resposta é rastrear visitas, tipos de visitas e atividades no seu site.

Há muitas formas de verificar o tráfego do site, saber que tipos de usuários encontram seu site e de melhorar os esforços de divulgação, o reconhecimento da marca e o desempenho do seu site com os dados que você coleta. Aqui, analisaremos como medir o tráfego do seu site e ofereceremos dicas valiosas para aumentá-lo.

O que é tráfego do site e por que é importante?

O tráfego do site é o número de visitantes que encontram seu site. Há diferentes tipos de tráfego, e a quantidade de tráfego que você recebe pode fazer com que seus negócios on-line prosperem ou falhem.

Muitos visitantes podem encontrar seu site. No entanto, se não forem os tipos certos de usuários, seus resultados podem não ser afetados. Isso pode até prejudicar seu negócio, mas abordaremos isso em mais detalhes depois.

Quando falamos sobre "o tipo certo de tráfego," não estamos sendo discriminatórios. Estamos dizendo que há visitantes que querem o que você está vendendo (sabendo disso ou não), visitantes que não querem o que você está vendendo, e visitantes que são indiferentes aos seus produtos ou serviços.

Há outros tipos de tráfego além desses três. Mas o que importa é que você deve atrair o tipo certo de tráfego: usuários que querem o que você está vendendo e que buscaram seu site intencionalmente. Para saber se você está atraindo o público ideal, é necessário medir o tráfego do site e otimizar suas páginas e conteúdo.

Motivos para medir o tráfego do seu site

Há muitas maneiras de analisar o tráfego do site e medir como sua presença on-line afeta os negócios, e o tráfego é apenas uma delas. Isso certamente deve estar no topo da sua lista de prioridades quando se trata de definir métricas. A maioria das outras métricas que você estabelecerá e rastreará gira em torno da análise de tráfego.

Aqui estão alguns motivos importantes para medir o tráfego do site.

Conheça as expectativas do seu público

Monitorar o comportamento das pessoas que visitam seu site pode dar pistas importantes sobre o que elas querem e como você pode oferecer isso a elas. Por exemplo, se os visitantes passarem muito tempo analisando sua página de perguntas frequentes, considere criar blogs dedicados a responder às perguntas mais urgentes. Se quiser saber mais sobre o que o público do seu site quer ver, peça feedback. Ouvir o feedback dele também ajuda a garantir que você possa adaptar seu conteúdo às necessidades do seu público e faz com que ele sinta que você se importa com a experiência dos visitantes.

Determine como os usuários encontram seu site

Descobrir de onde vêm os usuários que estão interessados em seus produtos ou serviços é importante. Isso pode dizer como eles gastam o tempo on-line e ajudar você a descobrir onde é melhor fazer propaganda. Também pode fortalecer seu trabalho de vendas se você souber como seus produtos e serviços se encaixam nas vidas deles.

Concentre-se nos recursos e tópicos que seu público deseja

Se o seu público tiver dúvidas sobre as coisas que você vende, é preciso conseguir saná-las. Ao monitorar como ele interage com seu site, você pode aprender quais recursos e conteúdo ele mais gosta e usa. Muitos compradores sabem o que querem, mas podem ter uma ou duas perguntas que precisam ser respondidas antes que possam justificar a compra. Se você responder a essas perguntas, poderá conseguir fechar a venda e garantir a confiança deles.

Como medir o tráfego do site

Há várias formas de medir, monitorar e estudar o tráfego que chega ao seu site. O aprendizado da verificação do tráfego do site começa com as seguintes etapas:

Identifique as ferramentas necessárias

Há muitas ferramentas que você pode usar para medir o tráfego do seu site. As ferramentas mais poderosas estão disponíveis por meio de serviços abrangentes de gerenciamento de marketing on-line, como o Google Analytics. Esses serviços agrupam todas as ferramentas e técnicas necessárias para monitorar o tráfego do seu site. Além disso, podem ajudar a identificar quais áreas do seu site precisam de atenção.

Você também pode verificar o tráfego do seu site usando o Mailchimp. Nossos relatórios gratuitos de sites permitem analisar o desempenho do seu site em um painel de controle simples, porém detalhado. Você não apenas poderá ficar de olho no tráfego, mas também terá as ferramentas para rastrear outras métricas essenciais, como visualizações da página, visitas únicas e inscrições.

Acompanhe suas metas

Após começar a coletar alguns dados acionáveis, é uma ótima ideia começar a desenvolver metas em torno deles. Por exemplo, se você descobrir que os usuários vêm de uma parte específica da web e se você quiser concentrar sua marca e alcance nesses locais, terá que começar a direcionar todos os seus esforços para essa meta.

Quando você tem uma meta que afeta vários aspectos da sua empresa, é importante acompanhá-la, especialmente se quiser manter a marca. O acompanhamento de metas se torna ainda mais crítico quando você tem mais de uma meta e não quer misturar as coisas.

Analise suas descobertas

Antes de desenvolver suas metas, você precisará entender os dados coletados, decidir o que os números significam e determinar o que fazer com eles. Por exemplo, suponha que a sua página de destino esteja recebendo muitas visualizações, mas sua página de vendas esteja sendo negligenciada. É uma boa ideia fazer algo a respeito. Naturalmente, sua prioridade deve ser atualizar suas páginas de destino para que mais usuários possam descer pelo funil de vendas.

Como analisar o tráfego do seu site

Ao analisar o tráfego do seu site, você pode ficar confuso com as diferentes métricas disponíveis. No entanto, as métricas de tráfego podem ajudar você a identificar maneiras de melhorar seu site e gerar mais vendas.

Aqui estão algumas das métricas mais importantes a serem analisadas.

Tempo médio na página

Essa é uma medida de quanto tempo os usuários permanecem no seu site, o que pode revelar insights sobre o desempenho de diferentes páginas. De destino, de produto, de conteúdo e outros tipos de páginas têm tempos de permanência diferentes. Lembre-se de que a quantidade de tempo que alguém deve passar em uma página pode ser diferente para aquela página específica e seu site. Mas você pode usar médias do setor como referência.

Tipo de visitante

Nós já mencionamos os tipos certos e errados de visitantes, mas o importante é se concentrar nos novos e recorrentes.

  • Visitantes novos: Talvez ainda seja necessário convencê-los a clicar em "comprar." Visitantes novos também podem ter um produto específico em mente ao visitar seu site. Será que seu site reconhece e atende aos visitantes novos ou faz eles irem embora para nunca mais voltar?
  • Visitantes recorrentes: Os visitantes recorrentes têm uma probabilidade maior de fazer uma compra. Será que você está respondendo às perguntas deles e tentando melhorar a experiência com a sua marca, ou está deixando-os vagar a esmo?

Nós apresentamos algumas maneiras de classificar seus visitantes, mas você pode categorizá-los como achar melhor. Você pode usar as informações coletadas em seu site para criar conjuntos de tipos de visitantes de acordo com o seu público real.

Essa ideia está relacionada à segmentação do público, que é especialmente importante quando você já estabeleceu um fluxo de consumidores dedicados. O Mailchimp pode ajudar você a segmentar seu público para aumentar o sucesso de campanhas de marketing e gerar tráfego para sua loja de e-commerce.

Taxa de rejeição

Muitas vezes confundida com o tempo médio por página, a taxa de rejeição rastreia quanto tempo os usuários passam em seu site no total. Quando os visitantes chegam à sua página de destino e navegam até o seu blog antes de navegar pelas páginas de vendas, a taxa de rejeição não é medida totalmente até que eles saiam completamente do site.

A taxa de rejeição mede o tempo médio que um visitante passa no seu site antes de sair. Eles estão aparecendo, ficando frustrados e indo embora imediatamente, ou ficam por aí – e, em caso afirmativo, por quanto tempo?

Reduzir a taxa de rejeição do seu site envolve saber quem é o seu verdadeiro público. Também gira em torno de saber o que ele deseja, fornecendo isso antes que ele decida procurar um concorrente. Uma parte importante da redução das taxas de rejeição é entender como os seus visitantes estão encontrando o seu site.

Origem do tráfego

O tráfego do seu site pode vir de diferentes origens, incluindo:

  • Orgânico: é o tráfego formado por visitantes que realizam uma pesquisa na web e encontram o seu site por meio de resultados de mecanismos de pesquisa orgânicos. Quando se entende como os mecanismos de pesquisa funcionam e sua estratégia de SEO é eficaz, o tráfego orgânico pode conduzir para seu site de forma natural pessoas que querem o que você vende.
  • Direto: tráfego direto é uma medida do reconhecimento da marca. O reconhecimento da marca é o tanto que sua marca é conhecida. O tráfego direto geralmente vem de pessoas que conhecem a sua marca e não precisam fazer nenhuma pesquisa adicional para encontrá-la. Embora possa ser um desafio rastrear, não é impossível.
  • Indicações: a origem desse tipo de tráfego normalmente vem de outras pessoas, como influenciadores que promovem sua marca ou indivíduos que recomendam você a um amigo. Normalmente, a única maneira de saber se você está obtendo tráfego de indicações é realizando enquetes com os usuários. Em muitos casos, você pode usar links de referência para ver de onde vem esse tipo de tráfego.
  • Social: este tráfego geralmente encontra seu site por meio da sua presença nas redes sociais. Por exemplo, anúncios que aparecem nas redes sociais, hashtags e assim por diante. É uma métrica importante de rastrear, mesmo sendo difícil fazê-lo. Isso ocorre porque as visitas provenientes desse meio podem estar misturadas com outras origens de tráfego. Você pode restringir os usuários que interagem com suas páginas de redes sociais antes de acessar o seu site.

Número total de visitas

Este é o número total de visitas ao seu site. É uma métrica bem direta de todo o tráfego que você obtém – independentemente de onde ele venha.

Taxa de conversão

É a quantidade de pessoas que acessam o seu site e se tornam clientes. Também pode ser o número de pessoas que visitam o seu site e realizam uma ação desejada, como responder a uma enquete, deixar comentários, preencher um formulário e assim por diante. No entanto, na maioria dos casos significa finalizar uma compra. Às vezes, as taxas de conversão incluem o número de cliques feitos antes de fazer uma compra, mas nem sempre.

Para converter visitantes do site em clientes, procure oportunidades de venda. Por exemplo, você pode incluir mais CTAs em seus blogs ou aproveitar e-mails de carrinho abandonado para lembrar os compradores do que eles deixaram para trás.

Taxa de saída

Esta é a taxa de visitantes que entram e saem de uma página da web em comparação com o número total de visualizações de um site. Frequentemente, as saídas são rastreadas por página, não por site. Essa taxa compara a atividade em uma página do seu site com as de outras páginas. Se você administra uma empresa com uma página de vendas, quase sempre terá pelo menos uma página de destino e uma página de produtos. Nesse caso, as taxas de saída de uma página em comparação com outra informarão algo sobre o desempenho de suas páginas e site.

Outras métricas importantes para acompanhar

As métricas que discutimos até agora são algumas das formas mais importantes, comuns e recomendadas de medir o tráfego do site.

Geralmente, isso será suficiente para ajudar você a obter uma compreensão completa do tráfego do seu site. No entanto, elas não são as únicas métricas que podem permitir que você obtenha insights sobre o desempenho e a integridade do seu site. Confira algumas outras.

Custos de geração de leads

Também conhecido como ROI de geração de leads, os custos de geração de leads são uma medida do tempo e dinheiro que você investe para trazer compradores potenciais ao seu site. O objetivo do acompanhamento é verificar se você está recebendo ou não as vendas necessárias para justificá-las. Você pode pensar que está indo bem, mas se os seus custos superarem as vendas, você pode não estar tendo lucro.

Páginas mais visitadas

Essa é uma classificação de quais páginas do seu site recebem mais atenção. Isso pode fornecer mais informações sobre o que o seu público está procurando. Para obter métricas utilizáveis, é útil garantir que cada página seja diferente das outras.

Acompanhe o tráfego do seu site com o Mailchimp

Com o acompanhamento do tráfego do seu site, você pode obter muitas informações valiosas para melhorá-lo e aumentar a receita. Isso pode ser feito manualmente, mas você pode facilmente acompanhar o seu tráfego e extrair o máximo dos seus dados com ferramentas inovadoras.

Ao criar um site com o Mailchimp, você terá acesso a um painel de controle de análises intuitivo e ferramentas de SEO abrangentes. Dessa forma, você pode assegurar um tráfego de qualidade para o seu site.

Compartilhar este artigo