Ir para conteúdo principal

Olá! Está disponível uma avaliação gratuita dos planos Standard e Essentials. Comece grátis hoje mesmo.

Monitoramento de API e seus benefícios para líderes de empresas

Saiba o que é monitoramento de API e conheça ferramentas para garantir que sua API funcione com o melhor desempenho, garantindo uma boa experiência.

As interfaces de programação de aplicativos (Application Programming Interfaces, APIs) estão crescendo rapidamente à medida que o software se torna mais complexo e depende de aplicativos de terceiros para ter um desempenho eficiente. Isso é verdadeiro para funções internas e voltadas para o cliente. As APIs ajudam a orientar as interações entre dois sistemas, fornecendo informações de linguagem e contrato. Cada API tem suas próprias especificações e documentos que descrevem como os dados são transferidos de um sistema para outro.

As APIs são revolucionárias para expandir funcionalidades e recursos ao interagir com aplicativos. Uma das razões pelas quais as APIs estão se tornando mais populares é porque não precisam de muitos recursos para executar integrações.

Entre os usos comuns das APIs estão:

  • Integração com APIs de terceiros
  • Criação de APIs para uso interno
  • Criação e exposição de APIs para uso externo

As APIs podem aumentar o valor para o seu negócio para uso interno de funcionários e clientes externos. Mas você não pode simplesmente instalar APIs e deixá-las funcionarem. É importante instituir monitoramento de rotina de API e aprender sobre endpoints de API.

Ajudaremos você a entender como medir o desempenho da API para capturar seu valor potencial. Esse processo é útil para proprietários de pequenas empresas, empresas de médio porte e grandes empresas que usam APIs em seus aplicativos.

O que é monitoramento de API?

O monitoramento de API é a prática de coleta e análise de dados, fornecendo insight sobre o desempenho de uma interface de programação de aplicativos. Esse monitoramento de rotina é usado para identificar e resolver quaisquer problemas com o desempenho que possam afetar os usuários e maximizar o valor que uma API pode gerar. Por exemplo, o monitoramento pode detectar se uma API não está sendo executada tão rapidamente quanto deveria e ajudá-lo a determinar a causa do problema de desempenho.

Os aplicativos de hoje dependem de vários microsserviços independentes e, se algum desses microsserviços não estiver funcionando corretamente, isso pode afetar negativamente o desempenho geral de um aplicativo. Além disso, pode ser desafiador identificar qual API não está funcionando no mesmo nível sem monitoramento.

O monitoramento de API pode medir:

  • Por quanto tempo uma rotina é necessária
  • Quanto tempo uma rotina leva para ser executada
  • De onde ela se origina
  • Quanto tempo leva para executar essa transação no total

Importância do monitoramento de API

O monitoramento de API permite essencialmente que uma empresa:

  • Garanta a funcionalidade
  • Minimize ameaças à segurança do site
  • Resolva rapidamente quaisquer problemas de desempenho
  • Aprimore a experiência do usuário

O monitoramento do desempenho da API também permite que você obtenha respostas para as seguintes perguntas:

  • As APIs estão disponíveis?
  • Como as APIs estão se comportando?
  • As APIs estão funcionando como esperado?
  • As APIs estão fornecendo a experiência pretendida?

Essas perguntas são importantes porque se as APIs estão falhando, os aplicativos que usam essas APIs também estarão. Você pode pensar em APIs como o combustível necessário para energizar aplicativos modernos. Se você estiver usando a transformação digital em seus processos, as APIs são, na maioria das vezes, a base que apoia a mudança de uma empresa para sistemas digitais.

Isso significa que muitos aplicativos dependem de APIs para funções cruciais para administrar seus negócios. Se você não entender como as APIs funcionam e qual é o seu endpoint, você está criando pontos cegos no desempenho delas.

Se você adotar o Agile ou outras práticas modernas para seus ciclos de desenvolvimento, como desenvolvimento, teste, implantação e monitoramento, poderá ver por que o monitoramento é fundamental para o ciclo de integração contínuo. Manter scripts de monitoramento com as versões mais recentes de testes de função ajuda a garantir que suas funções não sejam interrompidas durante o uso. Não há nada mais frustrante do que quando um serviço on-line não está funcionando da maneira que deveria.

Manter seus usuários satisfeitos quando eles utilizam seus aplicativos é uma prioridade para o atendimento ao cliente e para a retenção de clientes. Se as APIs que impulsionam serviços para seus aplicativos não estiverem disponíveis, funcionando adequadamente ou responsivas, o desempenho dos aplicativos será afetado negativamente e os usuários finais ficarão insatisfeitos.

Como monitorar APIs

A chave para monitorar APIs é rastrear as métricas que refletem os fatores mais importantes no desempenho de um aplicativo. Essas métricas podem variar de empresa para empresa ou de aplicativo para aplicativo. Na maioria das vezes, essas métricas incluem a quantidade de dados retornados, o tempo de resposta para chamadas de função de API e o número de chamadas para funções de API. Outras métricas incluem tempo de atividade, latência média, uso de memória e CPU e taxa de erro.

Atualmente, existem dois métodos para monitorar APIs:

  1. Monitoramento sintético
  2. Monitoramento de usuário real (Real user monitoring, RUM)

Monitoramento sintético

O monitoramento sintético é um método de medir o desempenho do aplicativo que segue os caminhos que os usuários podem seguir enquanto interagem com um aplicativo. Ele monitora automaticamente o tempo de atividade do aplicativo e relata como ele responde ao comportamento típico do usuário. O monitoramento sintético usa scripts para criar interações simuladas do usuário com diversas variáveis, como tipos de dispositivo, localizações geográficas e outros cenários possíveis. Depois que os dados são compilados e analisados, uma solução sintética de monitoramento de API produz insights sobre o desempenho do seu aplicativo.

Monitoramento de usuário real (Real user monitoring, RUM)

O RUM é outra prática de monitoramento que produz informações valiosas sobre o desempenho e a usabilidade de um aplicativo. No entanto, ele usa um método totalmente diferente do monitoramento sintético. O RUM observa as experiências reais dos usuários quando eles se envolvem com o aplicativo.

Esse método usa mais do que uma amostra de dados para coletar informações. Em vez disso, captura o comportamento real do consumidor durante uma transação ou outros tipos de envolvimento, dando aos desenvolvedores as ferramentas para visualizar o caminho de um cliente através do aplicativo. Usar essa técnica ajuda a resolver problemas de aplicativos usando dados em tempo real de clientes reais.

O RUM oferece capacidade de observação completa para a experiência de cada usuário final, para que você não encontre pontos cegos que possam afetar o desempenho geral da sua aplicação. Ele também fornece dados reais que você pode usar para o desenvolvimento futuro de aplicativos.

Ambos os tipos de monitoramento de API facilitam um processo tranquilo ao desenvolver um aplicativo. Os desenvolvedores podem entender melhor o que um cliente passa quando usa o aplicativo. Usar qualquer tipo de monitoramento vai melhorar a experiência do usuário final, desde que você tenha um sistema para analisar os dados. Uma prática inteligente a implementar é usar ambos os tipos de monitoramento de API, para que você tenha uma visão mais completa do desempenho da sua API.

Para iniciar o monitoramento de API, você precisa selecionar uma ferramenta de monitoramento de API.

Dicas para encontrar as ferramentas certas de monitoramento de API

Como você depende do monitoramento de API para oferecer uma experiência tranquila para seus usuários finais, é uma prática recomendada encontrar as melhores ferramentas de monitoramento de API para coletar e analisar os dados. É importante lembrar que nem todas as ferramentas de monitoramento de API são iguais. Cada um tem pontos fortes e fracos que podem afetar a forma como seus dados são coletados e interpretados.

É bom procurar ferramentas de monitoramento de API que forneçam estas funções:

  • A capacidade de identificar APIs de terceiros que estão afetando negativamente o desempenho do seu aplicativo.
  • Fornecer suporte para ambos os tipos de monitoramento, incluindo monitoramento de API, sintético e RUM.
  • Análise em tempo real de mais de amostras de dados de monitoramento, que oferece uma análise abrangente para o desempenho do seu aplicativo.

Compreender o comportamento e a experiência do cliente

Para entender verdadeiramente como os clientes usam e experimentam uma API, é uma boa ideia automatizar a coleta de dados do público e o rastreamento de todas as interações do usuário. Nesse caso, você não quer descobrir um número agregado ou médio.

Em vez disso, está preocupado com cada experiência do cliente e como eles percebem sua empresa como resultado. Isso significa que mesmo os valores atípicos são importantes porque afetam a qualidade da análise de dados. A amostragem aleatória não fornecerá os dados que você está procurando para melhorar a função e a experiência de seus aplicativos.

As métricas abrangentes e em tempo real coletadas e analisadas com o RUM oferecem uma visão autêntica do que seus clientes estão experimentando quando usam seu aplicativo. Você pode analisar a experiência de cada cliente para descobrir se há espaço para melhoria. Esses dados são necessários para determinar e resolver qualquer lentidão de aplicativos e outras falhas quando elas acontecem. Isso permite que você corrija um problema antes que ele afete mais seus clientes.

Talvez as chamadas de API de uma localização geográfica estejam cronometrando as interações, mas esse problema está acontecendo apenas em algumas áreas. Isso pode ser devido a um problema causado pelo seu sistema. No entanto, também pode ser culpa do seu provedor de API, não de nada que seu aplicativo ou sistema esteja fazendo. Você deve decidir como usar seus serviços de API para clientes nesse local, ou pode dar a todos os seus clientes a mesma experiência até que o provedor faça uma alteração.

As soluções de monitoramento de API podem ser personalizadas para obter a melhor adequação para seus funcionários e clientes.

Monitore suas APIs de negócios

Agora que você sabe a importância de monitorar APIs, é essencial adotar uma abordagem proativa e acompanhar regularmente o desempenho de seus aplicativos. Isso permite identificar problemas que podem afetar a usabilidade de forma rápida e eficiente. Como resultado, você pode minimizar interrupções e aumentar o tempo de atividade para todos os usuários, proporcionando assim uma experiência positiva com sua marca.

Você não precisa descobrir como monitorar suas APIs sozinho. Você não só pode criar integrações com as ferramentas de desenvolvimento do Mailchimp, mas também pode ficar de olho no desempenho delas.

Compartilhar este artigo