Ir para conteúdo principal

Olá! Está disponível uma avaliação gratuita dos planos Standard e Essentials. Comece grátis hoje mesmo.

Landing page | Boas práticas para páginas de destino

Criar uma landing page (página de destino) pode ser difícil. Siga estas boas práticas de landing page passo a passo para ter um site funcional e atraente.

Páginas de destino são ferramentas valiosas de marketing e vendas que podem ajudar a deixar seus negócios ainda melhores. Criar uma página de destino pode parecer fácil, porque você está criando uma única página usada para ajudar a gerar vendas ou clientes potenciais.

No entanto, páginas de destino exigem uma estratégia que possa ajudar você a utilizar as mensagens e os elementos de design existentes para criar uma boa página de destino, que ofereça aos usuários uma experiência perfeita com sua marca.

Aprender as práticas recomendadas para páginas de destino pode ajudar a melhorar suas vendas e construir melhores relacionamentos com seus clientes. Páginas de destino de compras, vendas e comércio eletrônico podem ajudar a aumentar conversões, pois permitem que você alcance novos clientes e venda para eles de maneiras que não são possíveis em seu site.

Páginas de destino têm altas taxas de conversão porque permitem que você se concentre em uma única ação que deseja que os usuários realizem. Quer esteja tentando convertê-los em clientes pagantes, oferecendo a eles a oportunidade de obter uma oferta exclusiva ou usando um e-book para incentivá-los a entrar em seu funil de vendas, as páginas de destino podem ajudar você a alcançar suas metas e medir sua eficácia para aumentar o desempenho em tempo real.

Se páginas de destino forem uma novidade para você, talvez esteja se perguntando o que pode fazer com que sua página de destino tenha um bom desempenho. Elementos de design como botões, logotipos e fotografia de marca combinados com as mensagens certas são fundamentais para páginas de alto desempenho. Felizmente, podemos ajudar você a aprender como criar páginas de alta conversão usando as melhores práticas de páginas de destino para alcançar suas metas de vendas e marketing.

O que é uma página de destino?

Uma página de destino é uma única página da web que se destaca do resto do seu site. Ela se destina a um uso específico, se concentrando em um único tipo de ação que você quer que os visitantes tomem.

Os visitantes chegam a essas páginas depois de clicarem em outra origem, como um e-mail, publicação ou anúncio em redes sociais, pesquisa orgânica e anúncios. Ao contrário de uma página da web normal, as páginas de destino têm uma única chamada à ação, em vez de incentivar clientes em potencial a aprender mais sobre seus negócios e explorar várias páginas.

Há muitos tipos de páginas de destino, mas os dois mais comuns são:

  1. Páginas de destino de links de clique: Uma página de destino de links de clique fornece aos visitantes as informações necessárias sobre uma oferta para chegar ao próximo passo da jornada, avançando-os pelo funil de marketing até o ponto de compra.
  2. Páginas de destino para geração de clientes potenciais: As páginas de destino de geração de clientes potenciais são projetadas para coletar informações dos visitantes por meio de um formulário. Essas páginas normalmente não têm links ou navegação e oferecem algo em troca das informações do cliente, como um guia eletrônico ou desconto.

Como uma página de destino afeta o marketing digital?

Página de destino e SERP são termos relativamente novos, ambos nascidos da era digital. SERP significa página de resultados do mecanismo de pesquisa, que se refere à página exibida pelos mecanismos de pesquisa, como Google e Bing, após um usuário digitar uma consulta.

Uma página de destino é uma página independente, criada com a finalidade de fazer com que um consumidor dê um passo adiante ao se inscrever para receber notificações por e-mail ou aproveitar uma oferta gratuita.

Se a página de destino conseguir fazer com que ele faça isso, ela abrirá a porta para as informações de contato dele, para que você possa enviar mais informações que possam incentivá-lo a se inscrever em um serviço ou comprar um item.

Uma SERP raramente abre para uma única página de destino, mas sim para uma escolha que pode abranger várias telas de páginas de destino.

Portanto, como redator de conteúdo de marketing digital, seu desafio é criar uma página de destino que se destaque do resto. Pesquisas mostram que, em média, os consumidores dão 52 segundos a qualquer página antes de passar para a próxima se ela não lhes disser como o produto os beneficiará.

Se parecer que eles têm que lidar com muitas informações irrelevantes para descobrir os benefícios, é provável que decidam em uma fração de segundo que isso não vale o tempo deles.

Detalhes sobre o negócio e todos os seus produtos e serviços pertencem ao site. Uma página de destino deve apresentar apenas uma quantidade selecionada de dados para persuadir o usuário dos mecanismos de busca a seguir com a ação pretendida.

Os benefícios que você deve destacar dependerão do tipo de negócio e do setor que ele atende. Mas há várias práticas recomendadas de páginas de destino de alta conversão que se aplicam a todos os setores.

As oito melhores práticas de páginas de destino

Seja para tentar conduzir os visitantes pelo funil de marketing ou coletar informações de apoio para vendas, sua página de destino deve convencer os usuários a realizarem uma ação. Infelizmente, é muito mais fácil falar do que fazer isso. Uma página de destino deve vender, com conteúdo de qualidade e elementos de design que estimulem os usuários a agirem. Aqui estão algumas práticas recomendadas para ajudar seus esforços a se tornarem mais bem-sucedidos.

1. Tenha uma ótima oferta

Em todas as páginas de destino, é preciso que você dê algo aos visitantes por eles concluírem a ação desejada. Por exemplo, você pode oferecer uma oferta em seu site de e-commerce com uma página de destino de link de clique. No entanto, para uma página de destino para geração de clientes potenciais, você pode oferecer um guia eletrônico ou consulta gratuita em troca de informações dos clientes, permitindo que eles entrem no funil de vendas sentindo que estão recebendo uma vantagem por isso.

Para determinar a melhor oferta que aumentará as conversões, leve em consideração quem são seus clientes e seus comportamentos. Por exemplo, se os seus clientes forem consumidores, eles provavelmente se converterão em clientes pagantes por um desconto na compra. Enquanto isso, clientes potenciais podem querer ter acesso a informações importantes que consideram valiosas, como um guia educacional, estudos de caso ou ferramentas.

2. Concentre sua manchete nos benefícios

Sua página de destino não é o lugar para mostrar por que você é a melhor empresa. Em vez disso, use ela como uma oportunidade para destacar os benefícios do seu produto ou serviços, incluindo a oferta. O título é sua primeira oportunidade de dizer aos visitantes o que eles podem esperar do restante da página de destino. Se o título não estiver imediatamente claro ou não for relevante, eles sairão da página de destino.

Para redigir um título envolvente, pense em sua mensagem. O texto inteiro da página de destino deve corresponder às expectativas do visitante para que ele saiba que está no local certo, e dar a ele um motivo para realizar a ação desejada, como preencher um formulário.

3. Combine a página de destino com seu anúncio

O texto da página de destino não deve apenas estar alinhado com as mensagens da sua marca e a oferta; ele deve corresponder às campanhas publicitárias de alguma forma. É claro que você não precisa usar o mesmo título que usou para seu anúncio digital ou e-mail, mas deve informar aos visitantes que eles estão no lugar certo. Os elementos de design da sua página de destino também devem ser semelhantes, para proporcionar uma experiência de usuário integrada e atender às expectativas do visitante.

4. Crie uma chamada à ação clara

Uma chamada à ação clara (CTA) permitirá que os visitantes saibam o que você quer deles, tornando mais fácil para eles decidirem se querem concluir a ação. É claro que nem todos os visitantes farão a conversão, mas se você tiver um CTA que se destaque e possa ajudar os clientes a entenderem o que precisam fazer, eles estarão mais propensos a fazer isso.

Um botão de CTA deve estar claro tanto no texto quanto no design da página de destino. É claro que você pode ter um botão "enviar" simples, mas pode torná-lo ainda mais envolvente adicionando uma textinho mais informal ou profissional com base no seu público-alvo.

Simplesmente alterar o botão "enviar" para "vamos conversar" em seus formulários pode ajudar você a atrair clientes potenciais mais casuais e, ao mesmo tempo, fazer sua marca parecer mais simpática e acessível. Além disso, você deve considerar o uso de cores contrastantes no design do seu botão para que ele se destaque de outros elementos visuais.

5. Otimize para mecanismos de pesquisa

Muitos visitantes chegarão na sua página de destino a partir de anúncios, e-mails em massa, redes sociais e outros tipos de marketing. No entanto, isso não significa que você deva renunciar à otimização do mecanismo de busca. Otimizar sua página de destino proporciona mais oportunidades de conversão, porque você poderá trazer mais pessoas para ela.

6. Inclua prova social

O boca a boca ainda é uma das melhores maneiras de levar os clientes ao seu negócio. A prova social (incluindo avaliações e depoimentos) pode ajudar a construir confiança com clientes potenciais que talvez nunca tenham ouvido falar do seu negócio e ainda não saibam se podem confiar em você.

Não importa o quanto sua oferta seja ótima ou quantos benefícios você liste em sua página de destino, os visitantes têm mais probabilidade de confiar na palavra de um ser humano do que de uma empresa. Usar depoimentos de clientes reais pode ajudar você a começar a construir relacionamentos com clientes potenciais no início do processo, permitindo que você os converta mais rapidamente.

7. Remova a navegação

Seu site tem uma navegação para que os clientes possam conhecer seus produtos e ofertas de serviços, dando a eles a oportunidade de saber mais sobre você. Páginas de destino não precisam de navegação porque têm apenas um foco: converter visitantes em clientes pagantes ou clientes potenciais.

Qualquer navegação que possa distrair clientes potenciais ou forçá-los a sair da página de destino com sua oferta pode impedir que você atinja suas metas.

8. Teste tudo

Mesmo que você use todas as práticas recomendadas de design de página de destino que aprendeu, você ainda pode obter resultados desanimadores porque cada negócio é diferente e você deve atender às necessidades do seu público. Todos os aspectos da sua página de destino, incluindo todos os elementos de design, títulos e palavras, podem passar pelo teste A/B, permitindo que você aprenda com seus sucessos e fracassos. O teste A/B pode ajudar você a converter o maior número possível de pessoas.

No entanto, você deve testar apenas um elemento de cada vez e permitir que sua página de destino obtenha visualizações suficientes para ajudar a formar uma opinião. O teste A/B permite que você tome decisões informadas com base em dados reais, por isso recomendamos testar tudo até encontrar a combinação certa de elementos de textos e design da página de destino para melhorar as taxas de conversão.

Exemplos de melhores práticas para páginas de destino

Nem todo empreendedor bem-sucedido é um designer profissional de sites ou páginas de destino, mas você pode aprender com as empresas mais bem-sucedidas estudando suas páginas de destino e encontrando elementos que acredita que podem ajudá-lo a converter visitantes. Você também pode navegar pelos modelos de páginas de destino da Mailchimp para encontrar modelos prontos que já usam as práticas recomendadas para páginas de destino. Aqui estão alguns exemplos de práticas recomendadas da páginas de destino em ação para estimular sua criatividade.

Airbnb

A página de destino do Airbnb é voltada para pessoas que procuram um lugar para se hospedar, oferecendo a elas a oportunidade de encontrar um local imediatamente. A página também usa prova social, permitindo que os usuários em potencial descubram o que os hóspedes reais estão dizendo sobre as locações, juntamente com os benefícios de usar seus serviços para encontrar sua próxima estadia em viagem.

BarkBox

A página de destino do BarkBox entrega uma oferta, informando como você pode se tornar um cliente imediatamente. A manchete "Faça o rabinho do seu cachorro balançar" também se alinha com as mensagens da marca BarkBox, com um tom divertido. A página de destino também usa dados, afirmando que mais de dois milhões de cães foram atendidos pelo BarkBox, dando aos visitantes um motivo para acreditar que essa empresa de caixas de assinatura de brinquedos e petiscos para cães oferece produtos de alta qualidade.

ClickUp

O ClickUp é uma ferramenta de gestão de projetos usada por empresas de todos os tipos para gerenciar cargas de trabalho. Na página de destino do ClickUp, eles têm um título que indica claramente para que o software é usado. Eles também listam seus clientes, e todos eles são marcas reconhecidas internacionalmente.

O objetivo desta página de destino é fazer com que os usuários se inscrevam e comecem gratuitamente sem a necessidade de cartão de crédito, dando aos usuários potenciais um motivo significativo para experimentar o software antes de fazer um investimento.

Desenvolva a melhor página de destino para sua empresa

A principal coisa a entender sobre uma página de destino é que ela é criada para servir a apenas um propósito: reunir dados suficientes e informações de contato para gerar um cliente potencial.

Uma página de destino bem-sucedida nessa busca é conhecida como página de destino de conversão. E embora o sucesso de qualquer campanha de marketing digital comece com a página de destino, o tamanho desse sucesso dependerá do uso de gráficos vibrantes que chamem a atenção e, ainda mais importante, do incentivo que você usará para persuadir o usuário a ceder informações de contato.

Esse chamariz pode ser um boletim informativo mensal, um cupom de desconto, uma amostra de cortesia ou mais informações. Mas isso é apenas parte da equação.

Profissionais de marketing digital bem-sucedidos oferecem várias recomendações para páginas de destino, mas, a menos que você a redija de forma a atrair um tipo específico de cliente pretendido (em outras palavras, seu público-alvo), você a está condenando a uma alta taxa de rejeição.

Uma taxa de rejeição é a porcentagem de pessoas que chegam a uma página e saem imediatamente sem realizar nenhuma ação nem avançar para a próxima página da web da empresa.

Os sites de varejo e comércio eletrônico têm as menores taxas de rejeição, de 20% a 45%, enquanto as páginas de destino têm as mais altas, um número impressionante de 60% a 90%.

Se você está se perguntando por que 90% dos usuários de mecanismos de pesquisa rolam imediatamente para baixo até a próxima SERP na tela, é porque o criador de conteúdo não dedicou tempo para decidir sobre um público-alvo específico.

Entenda seu público-alvo

Quando você cria um site, está tentando fornecer informações gerais para um público geral, então você precisa criar um site de várias páginas onde as pessoas possam aprender tudo sobre sua empresa e todos os seus produtos. O objetivo de um site é entrar em contato com todos.

Ao criar uma página de destino, você precisa restringir seu foco para atrair um público específico e suas necessidades específicas.

Assim, enquanto o site fala com a população em geral, sua página de destino deve ter uma conversa mais íntima com um segmento específico da população que tenha uma necessidade específica que sua empresa pode atender; para isso, basta o usuário entrar em contato com você respondendo à sua chamada à ação (CTA).

Mas primeiro, você precisa decidir quem é esse público-alvo. E se houver vários segmentos que você pode atender, talvez seja necessário criar uma página de destino diferente para cada um.

Isso pode parecer muito trabalhoso, mas quando você leva em consideração que pode aumentar suas taxas de conversão segmentando suas páginas corretamente, o esforço vale a pena.

Primeiro, aglomere

Como o seu público-alvo é o grupo específico com maior probabilidade de se interessar pelos seus serviços ou produtos, o seu primeiro desafio é defini-lo.

Você pode considerar categorias demográficas amplas, como idade, sexo, localização ou renda, mas se sairá melhor se puder usar o Diagrama de Venn em subcategorias ou subculturas.

Dependendo do seu produto, essas subculturas podem incluir pessoas cujas profissões, hobbies, preferências de entretenimento ou participações ou interesses em esportes indiquem uma necessidade.

Depois, divida

Tão importante quanto isso é decidir quem não pertence ao seu público-alvo. Afinal, dedicar tempo e esforço para criar páginas de destino para segmentos da população que não produzem resultados é uma perda de tempo e dinheiro, como exemplificado no exemplo de taxa rejeição acima.

Assim, depois de compilar seu público-alvo, seu próximo passo é eliminar aqueles que, embora possam ter um interesse geral em suas ofertas, provavelmente não agirão como o esperado agora.

Seu foco imediato deve ser projetar uma página de destino para aqueles indivíduos que parecem estar dispostos a comprar um produto que você vende (como um veículo específico, tipo de dispositivo eletrônico ou artigo de roupa) no futuro imediato.

São consumidores que enviaram consultas, responderam a outros CTAs ou visitaram uma feira de negócios e preencheram um questionário.

Quanto aos outros, não se esqueça deles. Basta colocá-los em sua lista de pendências para criar uma página de destino própria, usando diferentes dicas de design de páginas de destino para conversão.

Crie um design fácil de usar

Depois de definir seu público-alvo, você precisa projetar o design da interface do usuário (IU), que é a cara da sua página de destino.

Como é impossível saber o nível de experiência de uso do computador de cada membro do seu público-alvo, sua melhor aposta é manter a simplicidade e deixar de fora todos os recursos supérfluos. Dessa forma, mesmo aqueles com pouca experiência on-line acharão mais fácil entender e responder ao seu CTA.

E embora a simplicidade seja de suma importância na criação de um design de UX (design de experiência do usuário) de fácil acesso e uso, outros fatores devem ser levados em consideração.

Você precisa decidir sobre uma tipografia adequada, colorida e atraente, mas que também tenha espaços em branco estrategicamente posicionados para máxima legibilidade e compreensão.

Além disso, a navegação deve ser intuitiva; portanto, certifique-se de que todos os botões nos quais você deseja que o usuário clique se destaquem pela cor ou estilo.

A propósito, eles devem ser mantidos ao mínimo para que o botão do CTA possa ser a estrela do show. E se você incluir formulários para serem preenchidos, o princípio a seguir é mantê-los extremamente simples. Peça apenas informações essenciais e deixe todos os campos claramente visíveis.

O minimalismo deve ser a regra, pois ele constitui uma das práticas recomendadas mais importantes da página de destino de conversão.

Deixando essa importante página muito complexa, você pode desagradar até mesmo o usuário mais experiente, e pode fazer com que o consumidor saia da página de destino e opte por um design de UX mais fácil de usar.

Teste e otimize a página de destino

Depois de terminar de criar uma página de destino, ajustá-la para atender ao público-alvo certo e ajustar o design da interface do usuário para garantir uma UX adequada para todos os níveis de experiência em computação, você pode achar que é hora de publicá-la.

No entanto, você terá melhores resultados se dedicar algum tempo para fazer alguns ajustes visando otimizar suas chances de gerar clientes potenciais e converter usuários em clientes.

Seu primeiro passo na otimização da página de destino pode ser testá-la você mesmo, assim como os outros membros da sua equipe de marketing digital.

Clique em todos os vídeos e fotos que você incluir. Eles aumentam os tempos de carregamento? Em caso afirmativo, usuários impacientes provavelmente desistirão neste ponto; então, a menos que sejam absolutamente necessários, você deve considerar descartá-los e encontrar um lugar melhor para eles em uma de suas páginas da web.

O próximo degrau nas recomendações para páginas de destino e melhores práticas de conversão de páginas de destino é realizar uma ou duas rodadas de testes A/B.

Se você não estiver familiarizado com testes A/B, é um processo em que você pega a página de destino e ajusta alguns elementos como cor, design, tipografia e a presença ou ausência de imagens e vídeos da página de destino. Em seguida, envia o original para uma lista A de consumidores e uma lista B para outras pessoas.

Isso permite que você compare os resultados de cada um e talvez faça mais alguns ajustes antes de enviá-los para listas alternativas de pessoas. Quando encontrar a que resulta em um número máximo de conversões, é essa que você deve usar.

Meça e analise o desempenho

Mesmo depois de lançar a página de destino que produziu os melhores resultados, é sempre possível que ela não traga tantas conversões quanto você pensava.

Nesse caso, é hora de medir e analisar o desempenho on-line da página para ver onde há falhas.

Depois de saber, é hora de incorporar dicas de SEO na página de destino, como usar redes sociais para atrair tráfego não pago para a página de destino. Basta incluir palavras-chave para medir seus efeitos, se houver, nas classificações de SEO.

Maximize o potencial da sua página de destino

Há várias coisas que podem ajudar a garantir que suas páginas de destino tenham um efeito ideal sobre o sucesso de suas iniciativas de marketing digital.

A primeira, é claro, é investir todos os esforços possíveis na excelência do texto. Depois do lançamento, o desafio é ficar de olho nela e medir seu desempenho. É aqui que ferramentas como essas oferecidas pela Mailchimp podem ajudar.

Os relatórios e análises da Mailchimp podem rastrear o desempenho, e suas ferramentas de monitoramento assistido por IA podem identificar e sugerir tendências que você pode incorporar em suas campanhas.

Depois de lançar sua campanha e por meio do recurso comparativo on-line da Mailchimp, você poderá monitorar os negócios que ela está trazendo para o seu site e compará-los com os dos seus concorrentes.

E se você está apenas começando sua jornada de marketing digital. A Mailchimp pode ajudar a criar uma página de destino com UX fácil de usar. Ele também pode ajudar a criar anúncios digitais otimizados para SEO para uso no Facebook, Instagram e outras redes sociais, para que você possa realizar negócios on-line e usar outras dicas de SEO de página de destino para conquistar a atenção do público on-line.

Compartilhar este artigo