Ir para conteúdo principal

Olá! Está disponível uma avaliação gratuita dos planos Standard e Essentials. Comece grátis hoje mesmo.

Como incorporar vídeo em campanhas de e‑mail

Os vídeos são uma ferramenta útil para campanhas de e‑mail. Saiba como incorporar vídeos em seus e‑mails para manter seu público envolvido e informado.

Campanhas de marketing por e-mail são uma ótima maneira de criar mensagens personalizadas feitas para seus clientes. Com o marketing por e-mail, é possível coletar comentários dos clientes e usar essas informações para tomar decisões de negócios mais informadas.

Uma das melhores maneiras de transmitir sua mensagem para seus clientes é com um vídeo. Mas como incorporar vídeos em campanhas de e-mail? Cada vez mais empresas estão usando vídeos como uma tática de marketing, mas incorporá-los em campanhas de e-mail pode ser complicado. Algumas plataformas de e-mail não são compatíveis com vídeos incorporados, e a última coisa que você quer é enviar um e-mail em massa para seus clientes com um vídeo que eles não conseguem abrir.

Então, se você está pensando em incorporar vídeo em sua próxima campanha de e-mail, é importante que saiba como fazer isso corretamente.

Nesta publicação do blog, vamos ver como incorporar um vídeo em um e-mail para que você possa aumentar o envolvimento com seus clientes, gerar novos leads e melhorar a eficácia de suas campanhas. Continue lendo para saber mais sobre os benefícios de incorporar vídeos em e-mails.

Por que você deve incorporar vídeos a seu e-mail

Há muitas razões pelas quais você deve usar vídeos em campanhas de marketing por e-mail

Em primeiro lugar, incorporar vídeos em seus e-mails é uma ótima maneira de aumentar as taxas de cliques, que é a proporção entre o número de usuários que clicam em um link e o número total de usuários que realmente o visualizam

O objetivo de qualquer campanha de e-mail é ter altas taxas de cliques. Você não apenas quer que seus clientes cliquem no link do vídeo que você está incluindo, mas também acessem a página e realmente assistam ao vídeo.

Incorporar vídeos em seus e-mails é outra ótima maneira de aumentar as taxas de abertura. Os assinantes são mais propensos a abrir um e-mail que diz "vídeo" no assunto porque é mais interessante para eles.

A maioria dos consumidores não quer ler um e-mail longo, eles preferem que as informações sejam transmitidas por vídeo. Os vídeos também são muito mais envolventes do que o texto escrito, portanto, seus assinantes têm mais probabilidade de assistir ao clipe inteiro.

No geral, incorporar vídeos a seus e-mails pode ajudar a gerar mais leads, porque seus assinantes estarão mais interessados no que você tem a dizer.

Por que você não deve incorporar vídeos a um e-mail

Assim como há situações em que você deve incorporar um vídeo a um e-mail, há também situações em que você não deve fazê-lo. O marketing por vídeo pode ser realmente eficaz em algumas situações, mas isso não significa que ele deve ser usado o tempo todo.

Seus assinantes podem estar mais inclinados a assistir a vídeos do que estariam para ler algo, mas os vídeos nem sempre incentivam mais envolvimento. Às vezes, os consumidores preferem passar os olhos pelo conteúdo escrito para ter uma ideia do que diz o e-mail, em vez de assistir a um vídeo por inteiro.

Se você incorporar vídeo a um e-mail, há também uma boa chance de seus assinantes perderem a chamada à ação, que é o ponto principal do marketing por e-mail. Seus assinantes podem se distrair tanto com o vídeo que se esquecem de realmente fazer o que você está pedindo.

Os vídeos nem sempre têm a mesma aparência em um desktop do que em um dispositivo móvel. Então, seu e-mail em vídeo pode ser fácil de acessar em seu laptop, mas quando você abre o e-mail em seu celular, ele não parece tão bom.

Se você decidir não ter um vídeo em seu e-mail, mas ainda quiser incluí-lo em sua estratégia de marketing, pode carregar seu vídeo em seu próprio site e colocar um link para ele em seu e-mail. Dessa forma, seus clientes ainda podem ver o vídeo sem que ele seja o foco principal do e-mail.

Como incorporar vídeos

Agora que analisamos os prós e os contras de incorporar vídeos em e-mails, vamos discutir como realmente adicionar um vídeo às suas campanhas de e-mail. Incorporar vídeos em seus e-mails é bem simples. Você só precisa seguir algumas etapas simples:

1. Criar uma imagem em miniatura

A primeira etapa deste processo é escolher uma miniatura para o seu e-mail. A miniatura do vídeo é a primeira coisa que seus assinantes verão, então você precisa que ela seja poderosa. Há algumas maneiras diferentes de criar sua miniatura personalizada. Você pode usar uma captura de tela do vídeo ou um gif animado relacionado ao vídeo.

Mas, esteja você usando uma imagem estática ou um gif animado, sua miniatura é uma oportunidade de ser criativo e incentivar seus assinantes a realmente clicarem no link do vídeo. O ideal é que você inclua uma imagem do botão de reprodução na miniatura para que seus usuários saibam que devem clicar lá.

2. Encontrar a URL

Depois de criar a miniatura, você precisa obter a URL para o seu vídeo. Há vários sites de hospedagem nos quais você pode carregar seu vídeo primeiro, como o YouTube. Usar uma plataforma de hospedagem de vídeo facilitará a incorporação do vídeo no seu e-mail, pois você pode apenas vincular diretamente a esse site.

3. Incorporar o vídeo no e-mail

Depois de localizar a URL do vídeo, você precisa incorporar o vídeo no seu e-mail. Os provedores de e-mail têm instruções diferentes sobre como incorporar um vídeo em um e-mail, portanto, certifique-se de procurar as instruções de seu provedor específico. Mas, na maioria das vezes, você pode apenas copiar e colar o link da URL no e-mail e o vídeo será carregado automaticamente.

4. Escrever um texto

Então, você incorporou com sucesso um vídeo em um e-mail, o que vem a seguir? Você precisa fazer com que seus assinantes abram o vídeo, o que significa que você precisa escrever um texto.

Isso não precisa ser nada muito longo, apenas algumas frases que incentivem seus assinantes a realmente clicarem no botão de reproduzir. Também é uma boa ideia incluir uma chamada à ação nesse texto para que seus assinantes saibam exatamente o que você está pedindo. Seja o mais direto e conciso possível com seu texto.

5. Testar o e-mail

Depois de concluir todas as etapas acima, você está quase pronto para enviar sua campanha de e-mail. Mas primeiro, você precisa testar seu e-mail. Você certamente não quer enviar uma campanha de e-mail para toda a sua lista de assinantes com um e-mail em que o vídeo não reproduz. Então, envie um e-mail de teste rápido antes de enviar a coisa pra valer.

Melhores práticas para incorporar vídeos

Então, agora que você sabe como incorporar um vídeo a um e-mail, vamos analisar algumas das melhores práticas que deve seguir.

Você deve sempre incluir uma chamada à ação (CTA) em seu e-mail que diga aos seus assinantes exatamente o que você quer que eles façam.

Seu CTA deve ser curto e direto ao ponto. Você também precisa estar atento aos limites de tamanho do arquivo. Você não quer fazer carregamento de um vídeo de baixa qualidade que vai ficar lento quando você clicar no botão de reproduzir.

Uma resolução de 720p normalmente é suficiente quando se trata de vídeo incorporado a e-mails. Você também precisa ter em mente os diferentes tipos de formatos de vídeo e garantir que seu serviço de e-mail suporte seu tipo de vídeo.

Outra dica para incorporar vídeos a seus e-mails é incluir legendas. Caso seus assinantes não possam ouvir o que você está dizendo, é sempre uma boa ideia ter legendas para que eles ainda possam acompanhar.

Você também não quer bombardear seus assinantes com informações demais em seu vídeo. Claro, um vídeo no YouTube pode ser mais interessante do que ler um monte de texto, mas o ideal é manter seu vídeo curto e direto.

Faça com que seus usuários pressionem o botão de reproduzir

O marketing por vídeo para pequenas empresas é uma ótima maneira de interagir com os clientes e aumentar as taxas de cliques. Mas incorporar vídeos a seus e-mails vai além de apenas criar conteúdo de vídeo, você também precisa fazer com que seus usuários toquem no botão de reproduzir.

O primeiro passo para fazer com que seus usuários realmente pressionem esse botão é desenvolver uma estratégia de marketing e produzir um vídeo de alta qualidade que você possa incluir em seu vídeo. Se precisar de ajuda para criar uma estratégia de marketing de vídeo, use o Mailchimp.

O Mailchimp é uma plataforma de automação de marketing e serviço de marketing por e-mail que ajuda os proprietários de pequenas empresas a criarem campanhas de e-mail de alto desempenho. Você pode ter acesso a um guia de marketing por e-mail para pequenas empresas que pode ajudá-lo a melhorar sua estratégia de marketing por e-mail. Com o Mailchimp, você pode usar nossas práticas recomendadas de marketing por e-mail para criar campanhas de e-mail em vídeo eficazes que ajudam você a alcançar suas metas de negócios.

Compartilhar este artigo