Ir para conteúdo principal

Olá! Está disponível uma avaliação gratuita dos planos Standard e Essentials. Comece grátis hoje mesmo.

CTOR x taxa de abertura de e‑mail – Métricas de marketing por e‑mail

Aprenda sobre CTOR (taxa de cliques por abertura) e taxa de abertura de e‑mail e como tirar o melhor proveito dessas métricas de marketing por e‑mail.

Os e-mails de marketing são projetados para serem abertos e respondidos, não abertos e ignorados. O objetivo de criar conteúdo interessante e exclusivo é atrair um público relevante para se envolver com sua empresa. Se os e-mails nunca forem abertos, isso pode parecer uma perda de tempo. Com várias outras empresas também no mesmo barco, pode ser difícil entender como ser notado, elevar suas campanhas de e-mail para o próximo nível e aumentar o envolvimento.

Nesta era moderna, onde somos inundados com marketing por e-mail diariamente, ser notado é um desafio.

Embora existam estatísticas gerais que possam nos ajudar a discernir que tipo de abordagem adotar, essas generalizações podem ser inúteis, especialmente porque cada setor é tão contrastante e há uma grande diferença nas respostas dos consumidores por categoria do setor.

Portanto, uma das melhores maneiras de aprender a criar uma campanha de marketing por e-mail que intrigue seu público e cause impacto é analisando suas métricas. A importância de suas próprias métricas é fundamental para aprender qual design, abordagem e estratégia é melhor para seu negócio e marketing.

As campanhas de marketing por e-mail podem mostrar muito sobre seus clientes quando feitas corretamente. Esse método de publicidade fornece insight sobre o tipo de conteúdo ao qual eles respondem melhor, ajudando você a descobrir um design de e-mail que funcione bem com o seu público.

Ao contrário de outros métodos nos quais você só pode entender a resposta de um cliente por meio de feedback direto, você pode analisar os dados coletados dos próprios e-mails.

Há várias métricas de marketing por e-mail que podem ser consideradas aqui. Neste artigo, vamos nos concentrar em taxa de cliques por abertura e taxas de abertura, mas vale a pena destacar que a taxa de cliques é outra métrica relevante.

A taxa de cliques fornece informações importantes, concentrando-se na quantidade geral de cliques que cada e-mail recebe em relação a toda a lista de pessoas para as quais você o enviou. A taxa de cliques por abertura é ligeiramente diferente, pois esta é uma métrica considerando apenas as pessoas que abriram o e-mail.

Portanto, essas duas métricas são indiscutivelmente um pouco mais importantes na avaliação da relevância e do interesse da sua campanha. Dito isso, ambas as métricas também têm suas desvantagens em termos de informações úteis.

Compreender sua CTOR

A taxa de cliques por abertura (click-to-open rate, CTOR), é o número de pessoas que abriram um e-mail enviado de uma campanha de marketing por e-mail e clicaram em um link. Essa métrica pode ser compartilhada como uma porcentagem ou estatística — quanto maior o valor, melhor.

Também não leva em consideração vários cliques do mesmo usuário em um e-mail, o que significa que o número de cliques no link é arbitrário.

Para calcular a CTOR, divida o número de e-mails abertos pelo número de cliques de e-mail bem-sucedidos e multiplique por 100.

Vantagens de usar métricas CTOR

A taxa de cliques por abertura demonstra o quanto seu conteúdo foi eficaz em intrigar os clientes o suficiente para clicar em um link ou converter o leitor para interagir com o e-mail.

Portanto, essa métrica pode ser uma maneira útil de avaliar se você precisa tornar seu conteúdo mais dinâmico para que chame a atenção do leitor e o fazer agir. Saber o quanto os destinatários do seu e-mail são responsivos ao seu conteúdo é essencial para ajudá-lo a criar estratégias de marketing a longo prazo.

Alguns dos problemas de conteúdo podem estar na qualidade do corpo do e-mail. Aqui, nos referimos ao texto ou recursos visuais usados para tentar envolver os leitores.

No entanto, uma CTOR inferior também pode indicar um link ou formato de e-mail malsucedido. E-mails eficazes podem levar a um aumento nas vendas, o que significa que você tem que gastar menos dinheiro em outras formas de marketing. Portanto, encontrar a raiz do problema para garantir que seus e-mails sejam eficazes e gerar conversões é essencial.

Entendendo a taxa de abertura

A “taxa de abertura” é o número de destinatários na sua campanha de e-mail que abriu o e-mail. Esse número geralmente é compartilhado como porcentagem ou estatística.

A taxa de abertura é calculada dividindo-se o número de pessoas que abriram o e-mail pelo número de pessoas para quem ele foi enviado.

Vantagens de usar a métrica taxa de abertura

A métrica taxa de abertura é útil para entender se o assunto e os cabeçalhos de e-mail estão envolvente o suficiente e geram interesse suficiente para fazer o leitor abrir o e-mail. A métrica taxa de abertura indica o sucesso do assunto e dos cabeçalhos em despertar o interesse do destinatário e fazer com que ele abra o e-mail fisicamente.

CTOR versus taxa de abertura: prós e contras

Ambas as métricas fornecem insights úteis sobre o sucesso do seu marketing por e-mail, e ambos merecem a mesma atenção. A CTOR fornece um nível mais profundo de compreensão sobre o conteúdo em si, enquanto as taxas de abertura dão uma insight de como o assunto parece imediatamente sedutor para o destinatário relevante.

Taxa de abertura

Entre as vantagens de analisar a taxa de abertura de e-mails estão:

  • Percepção sobre o alcance geral da campanha de e-mail
  • Indica a eficácia da linha de assunto e do pré-cabeçalho do e-mail
  • Se o público correto está recebendo seus e-mails
  • Pode ser usada para determinar o melhor momento para enviar e-mails

Como mencionado anteriormente, uma baixa taxa de abertura pode indicar uma linha de assunto ou pré-cabeçalho de e-mail ineficaz. No entanto, também pode fornecer insight sobre a melhor hora do dia para enviar um e-mail e quando as pessoas têm mais probabilidade de olhar seus e-mails. Considere usar algumas de nossas técnicas para descobrir qual é o melhor horário para você enviar um e-mail para seus clientes.

Também pode dar uma boa ideia de onde seus e-mails chegam. Pode ser que, se a taxa de abertura for baixa, os e-mails acabem em uma caixa de saída de spam em oposição à caixa de entrada preferencial que os usuários de e-mail analisam diariamente. Da mesma forma, uma alta taxa de abertura indica que seus e-mails estão atingindo seu público-alvo ideal, com os destinatários querendo se envolver com o conteúdo.

No entanto, há também algumas áreas que a métrica taxa de abertura não abrange. Isso inclui:

  • Indicação clara do envolvimento do assinante com o conteúdo do e-mail
  • Pode ser influenciado por fatores como bloqueio de imagem e texto de visualização

Infelizmente, a métrica taxa de abertura não fornece nenhuma insight sobre o valor do conteúdo do e-mail em si. Em vez disso, a taxa de abertura nos mostra como é atraente abrir o e-mail e não fornece nenhuma informação sobre o quão interessante o destinatário acha o conteúdo. Fatores externos, como bloqueio de imagem e texto de visualização, também podem impedir que o e-mail seja aberto.

Como melhorar a sua taxa de abertura

Melhorar sua taxa de abertura de e-mail é crucial para o sucesso de suas campanhas de marketing por e-mail. Embora vários fatores possam influenciar as taxas de abertura, você também pode implementar várias estratégias para melhorá-las.

Priorizar assinantes de e-mail

Se o cliente não tiver aceitado ou se inscrito em suas campanhas de e-mail, há uma baixa chance de ele abri-las.

Em vez de perder tempo enviando marketing por e-mail não solicitado para clientes potencialmente inconversíveis, priorize os assinantes preexistentes que já estão interessados em sua marca e prontos para interagir com seu conteúdo.

Escrever um forte pré-cabeçalho e assunto

Chame a atenção de seus leitores com uma linha de assunto simples e informativa. Mas como você pode criar uma linha de assunto impactante que gere curiosidade?

Certifique-se de destacar quaisquer ofertas ou comunicar prazos ou urgência na linha de assunto para aumentar sua chance de os leitores abrirem o e-mail. Personalizar sua linha de assunto usando técnicas de automação também pode ajudar com isso.

Reduzir a frequência e mantenha seus e-mails significativos

Embora possa ser tentador inundar seus assinantes a cada pequena atualização, seja específico sobre a finalidade do seu e-mail. É claro que a frequência de e-mail é relativa a cada tipo de campanha. Portanto, embora uma grande quantidade de atualizações seja necessária em algumas circunstâncias e não em outras, lembre-se de que um fluxo de e-mails pode tornar o leitor mais propenso a ignorar sua marca quando ela chega na sua caixa de entrada.

CTOR=Unique Clicks/Email Opens x100

Taxa de cliques por abertura

A taxa de cliques por abertura é uma métrica interessante de se observar porque você pode entender como seus destinatários respondem ao seu conteúdo.

Entre as informações interessantes e importantes que você pode aprender com a taxa de cliques por abertura estão:

  • Reflete o nível de envolvimento dos assinantes com o conteúdo
  • Pode ser usada para medir a eficácia da chamada à ação do e-mail
  • Oferece insights sobre a eficácia geral da campanha de e-mail
  • É mais confiável do que a taxa de abertura para comparar o desempenho de diferentes campanhas

A CTOR é uma das métricas que serão realmente úteis para você ao experimentar seu conteúdo. Se você está tentando descobrir qual tipo de marketing funciona melhor dentro da sua marca ou negócio, você pode estar usando uma variedade de campanhas de marketing com diferentes estilos para encontrar o ideal. Ao fazer isso ou usar testes A/B, você pode usar as taxas de clique por abertura para decifrar a qual estilo seu público responde melhor.

A métrica CTOR também pode ajudá-lo a avaliar a eficácia do seu e-mail para fazer com que o usuário aja. Integrar termos de chamada à ação, como "clique aqui" ou "siga o link abaixo", pode ajudar a envolver diretamente seus assinantes e direcioná-los para uma página ou anexo que você quer que eles vejam.

Assim como a métrica de taxa de abertura, a CTOR tem algumas áreas que podem limitar a utilidade dessa métrica. Isso inclui:

  • Fatores como a colocação e o número de links no e-mail
  • Pode não ser tão útil para campanhas que não têm uma chamada à ação clara

Outros fatores podem influenciar uma baixa pontuação CTOR, como a clareza do link com o leitor.

Em vez de demonstrar o quanto o conteúdo é cativante, esse fator interrompe qualquer insight sobre ele porque, se os links estiverem ocultos ou não forem óbvios, alguns leitores podem não saber como clicar neles. Da mesma forma, se alguns links estiverem no e-mail, a métrica será descartada, pois a CTOR considera apenas um clique por usuário por e-mail.

Nem todas as campanhas de marketing por e-mail precisam que o destinatário aja ou clique em qualquer link. Em vez disso, pode ser apenas um e-mail informativo que você quer que seus assinantes vejam. Nesse caso, a métrica CTOR não é relevante, pois não há como medir como o envolvimento de seus assinantes encontrou o conteúdo, além do feedback direto, por exemplo, por meio de uma pesquisa ou questionário.

Como melhorar sua CTOR

Uma CTOR alta indica que seu conteúdo de e-mail é envolvente e atraente o suficiente para motivar seus assinantes a agir. No entanto, alcançar uma CTOR alta requer mais do que apenas um conteúdo bem escrito.

Implemente as seguintes estratégias para melhorar sua CTOR e aumentar as chances de converter seus assinantes de e-mail em clientes.

Seja inteligente sobre cada seção

Compartimentalizar seu conteúdo em pequenas seções reduz as informações que você está fornecendo ao destinatário em pequenos pedaços. Considere cuidadosamente as informações ou imagens que você usa, mantendo os textos curtos para melhorar a legibilidade. Coloque as seções mais importantes do conteúdo mais acima no e-mail para que o leitor o perceba imediatamente.

Crie conteúdo dinâmico usando recursos visuais

Embora o texto bem pensado e conciso seja importante, eleve seu conteúdo usando imagens, gifs e vídeos para criar um marketing por e-mail que seja estimulante, atraente e exclusivo para intrigar e cativar o destinatário.

Melhore as suas taxas de abertura

Se sua taxa de abertura for baixa, então a CTOR será menos útil. Considere trabalhar em sua métrica de taxa abertura antes de se concentrar em sua taxa de clique por abertura.

Links envolventes com colocação pensada

Certifique-se de orientar seus leitores a se envolverem com um link óbvio, destacando claramente o link com instruções claras, como "clique no link abaixo." Seja inteligente ao colocar esses links para que sejam claros e fáceis de ver.

Fatores que influenciam a CTOR e a taxa de abertura

É claro que ambas as métricas fornecem insights importantes sobre a eficácia de suas campanhas de marketing por e-mail e devem, portanto, ser consideradas ao elaborar sua estratégia de marketing. Veja abaixo um resumo de todos os tópicos que as influenciam.

A linha de assunto e o pré-cabeçalho

Essas são as primeiras coisas que um assinante vê e podem afetar significativamente se ele abre ou não o e-mail. Conforme explicado acima, esses fatores afetam diretamente a taxa de abertura, mas sem uma linha de assunto ou pré-cabeçalho envolvente, a taxa de clique por abertura não trará tantos insights.

Quanto mais pessoas abrirem o e-mail, mais insight você terá sobre como elas acharam o conteúdo interessante, influenciando tanto as taxas de cliques quanto as taxas de abertura.

Conteúdo do e-mail

A qualidade, relevância e posicionamento do conteúdo podem influenciar se um assinante se envolve ou não com o e-mail. É útil personalizar e-mails para que os destinatários sintam que estão sendo compreendidos e com quem estão falando diretamente.

Chamada à ação

Uma chamada à ação clara e convincente pode aumentar a probabilidade de um assinante clicar em um link no e-mail. Descrever se uma oferta está disponível apenas por "tempo limitado" ou colocar uma data de validade na oferta pode ajudar a impulsionar esses termos de CTA e estimular seu leitor a se envolver com o conteúdo.

Reputação do remetente

A reputação do domínio e endereço IP do remetente pode afetar a capacidade de entrega de e-mail e afetar a taxa de abertura. Se você quiser que seus e-mails de marketing sejam enviados para a caixa de entrada e não para a pasta de spam, ter uma boa reputação de remetente e incluir codificação HTML limitada ajudará na taxa de abertura e criará uma taxa de clique para abrir mais perspicaz.

Qualidade da lista

Uma lista de alta qualidade de assinantes engajados pode resultar em uma taxa de abertura mais alta e uma taxa de clique para abrir. Mais uma vez, priorize sua lista de assinantes e envie seus e-mails para pessoas que queiram ouvir sua opinião ou ler sobre quaisquer atualizações.

Escolher a métrica certa para suas campanhas de e-mail

Nenhuma métrica única deve ser usada para determinar um consenso geral para suas campanhas. Em vez disso, considere várias métricas ao analisar o sucesso de uma campanha, pois isso pode ajudá-lo a descobrir quaisquer problemas ou áreas que você possa melhorar.

Por exemplo, altas taxas de abertura, mas baixa CTOR significa que talvez o conteúdo dentro do e-mail precise de algum trabalho. Por outro lado, se houver alta CTOR, mas baixas taxas de abertura, isso pode significar que você precisa trabalhar para tornar suas linhas de assunto e pré-cabeçalhos mais envolventes.

Saiba mais sobre como criar campanhas de marketing por e-mail bem-sucedidas com a Mailchimp, seu local único para todas as dicas e truques para fazer sua empresa prosperar.

Descubra outras maneiras de melhorar seus negócios, seja com relação a conteúdo digital, design de sites, e-commerce ou até mesmo redes sociais, a Mailchimp tem os recursos e as respostas de que você precisa.

Nossos serviços incluem tudo, desde tutoriais, artigos, estudos de caso e guias cuidadosamente elaborados para oferecer todas as ferramentas necessárias para impulsionar as vendas, impulsionar os negócios e criar uma empresa de sucesso.

Compartilhar este artigo