Como desenvolver uma estratégia de marketing de startup

Faça um plano para aumentar a visibilidade e alcançar todo o seu potencial.

Se você tem uma startup, o marketing do seu negócio é fundamental para o seu crescimento e como você se diferencia da concorrência.

Neste guia, discutiremos como fazer o marketing da sua startup, desde desenvolver uma estratégia e conectar com seu público até fazer ajustes e medir seu sucesso.

Etapa 1: descreva sua estratégia

Nenhuma startup é exatamente igual, o que significa que as estratégias de marketing também variam. Mas todas as estratégias de marketing bem-sucedidas incluem quatro componentes-chave: suas metas, público, pesquisa de mercado e orçamento. Vamos detalhar isso:

1. Defina metas

Nos estágios iniciais do seu negócio, suas metas podem variar dependendo de como você define o sucesso. Mas, para muitas startups, as metas muitas vezes se enquadram em uma de duas categorias: aumentar a conscientização da marca e adquirir novos clientes. Embora ambas categorias sejam importantes no desenvolvimento da sua startup, pode ser útil priorizar as metas que fazem mais sentido para você.

  • Aumentar a conscientização da marca. Ao começar um novo negócio, é importante apresentar-se aos seus potenciais clientes ou à sua clientela. Você precisa dizer às pessoas quem você é, o que faz e o que o diferencia de todos os outros. Se optar por priorizar a conscientização da marca, suas metas e sua estratégia de marketing podem girar em torno de conseguir que as pessoas reconheçam seu nome, logotipo ou produtos da marca.
  • Adquirir novos clientes. Se você optar por priorizar a aquisição de novos clientes, suas metas podem incluir fazer com que novas pessoas se cadastrem em sua plataforma, incentivando-as a se tornarem usuários ativos do seu produto ou a converter leads existentes em clientes pagantes. Para atingir essas metas, você precisará desenvolver uma estratégia de marketing usando um projeto, textos publicitários e chamadas à ação eficazes, que chamem a atenção das pessoas e estimulem o envolvimento delas com o seu negócio.

2. Defina seu público-alvo

Não importa o tipo de startup, é crucial que seu marketing chegue às pessoas certas com a mensagem certa. Ao desenvolver uma estratégia de marketing, reserve um tempo para pensar sobre quem é o público ideal ou quem você quer que seu público seja.

Aqui vão algumas perguntas que podem ser feitas à medida que decidir a qual público seu marketing deve ser direcionado:

  • O que você está oferecendo aos seus clientes em potencial?
  • O que o torna único?
  • Por que um cliente escolheria você em vez de seus concorrentes?
  • Se você é B2B, seu produto seria mais benéfico para empresas de um certo tamanho ou em um determinado setor?
  • Se é B2C, faz sentido escolher um público preferido com base em sua localização, dados demográficos ou interesses?

3. Encontre seu lugar no mercado

De acordo com um estudo da CB Insights, falta de demanda do mercado é o motivo número um de falha das startups. Talvez o produto ou serviço oferecido não resolva um problema ou não seja único o suficiente para se destacar da concorrência. Talvez seu foco seja muito restrito e o grupo de clientes em potencial não seja grande o suficiente para construir (e dimensionar) uma empresa bem-sucedida. Ou, talvez ela não tenha sido posicionada corretamente e nunca tenha tido a chance de chegar às pessoas certas.

Para dar à sua nova startup uma chance melhor de não cair nessas armadilhas comuns, dedique algum tempo para pesquisar minuciosamente outros produtos no mercado e avaliar o interesse dos seus potenciais clientes. Depois de determinar se há demanda suficiente para sustentar seu negócio, você pode definir como vai contar ao público-alvo sobre todas as coisas maravilhosas que tem a oferecer.

4. Determine seu orçamento

O orçamento de marketing para uma startup será afetado por vários fatores, incluindo custos operacionais e previsões de receita. Mas não importa quanto dinheiro você possa reservar para o marketing, é importante gastar com sabedoria. Pense nas suas metas e concentre seu orçamento de marketing nos canais que o ajudarão a alcançá-las. Não tenha medo de fazer ajustes ao longo do caminho ou tentar algo novo se um canal específico não der resultados.

À medida que seu negócio (e o seu orçamento) cresce, você sempre pode alocar mais dinheiro ao marketing e expandir seu alcance para públicos anteriormente inexplorados.

Small audience including person with glasses, a cat, and person with a braid.

Etapa 2: alcance seu público nos canais certos

Esses cinco canais são componentes essenciais de qualquer estratégia de marketing de startup:

1. Um site

Sites são ferramentas de marketing versáteis que trabalham ininterruptamente para ajudá-lo a se comunicar com seu público e aumentar seu negócio. Começar é fácil, o Mailchimp tem ferramentas para ajudá-lo a construir um site profissional (e gratuito), mesmo que você não tenha experiência de design na web.

Se não estiver pronto para um site completo ou quiser que uma única página incentive os visitantes a tomarem uma ação específica, comece com uma página de destino. As páginas de destino (landing pages) são uma ótima maneira de coletar endereços de e-mail, vender um item ou fornecer às pessoas uma visão geral rápida de seus negócios, seus produtos mais recentes ou os serviços que oferece. Se criar uma página de destino no Mailchimp, você pode até usar seu próprio nome de domínio para personalizar a URL da sua página e dar a ela um toque exclusivo e de marca.

Ao criar seu site, aqui estão alguns outros aspectos a serem lembrados:

  • Obtenha um nome de domínio: Um nome de domínio é sua identidade on-line, por isso é importante escolher um nome reconhecível, adequado à sua marca e que seja fácil de lembrar. Como você está considerando todas as opções, verifique a disponibilidade de cada nome de domínio em potencial nas mídias sociais. Usar o mesmo nome em cada um dos seus canais pode ajudá-lo a estabelecer uma identidade de marca unificada e melhorar seu alcance. Depois de tomar sua decisão, você pode comprar seu novo domínio no Mailchimp. Precisa de alguma orientação extra? Leia nossas dicas para selecionar o nome de domínio perfeito.
  • Configure anúncios no Google: anúncios no Google permitem que você mantenha seu negócio em primeiro plano ao exibir anúncios direcionados às pessoas que visitam e depois saem do seu site. Esses anúncios são uma maneira poderosa de impulsionar o tráfego e recuperar as vendas dos clientes, não importa onde eles estejam na web.
  • Não se esqueça da SEO: a otimização para mecanismos de pesquisa (SEO, Search Engine Optimization) ajuda a aumentar a visibilidade e o tráfego de seu site através de mecanismos de pesquisa como o Google, Bing e Yahoo. Como startup, há alguns elementos básicos de SEO que você pode incorporar ao seu site para melhorar sua classificação nas pesquisas, como palavras-chave, etiquetas de título, metadescrições, links internos e conteúdo original de alta qualidade. Para obter mais dicas, confira 10 passos para criar um site de sucesso. Ou, se estiver interessado em iniciar uma loja on-line, confira esse artigo para um passo a passo do processo.

2. E-mail

Marketing por e-mail é uma maneira eficaz de construir um relacionamento com seu público e mantê-lo envolvido no decorrer do tempo. Adicione um formulário ao seu site (ou página de destino) para coletar endereços de e-mail dos visitantes, depois comece a compartilhar atualizações sobre seus serviços, conteúdo, produtos e qualquer outra coisa que possa ser do interesse deles.

Se você decidir que gostaria de ir um pouco além, é sempre possível solicitar informações extras de seus novos contatos também. Solicitar detalhes, como data de nascimento, interesses ou localização, pode ajudá-lo a criar conteúdo ainda mais personalizado e relevante.

(Observação: o Mailchimp facilita a adição de um formulário incorporado ou pop-up a qualquer site da sua startup. E quando estiver pronto para começar a enviar e-mails, também podemos ajudar.)

3. Mídia social

À medida que o uso das redes sociais continua crescendo, também cresce a importância de incorporar canais sociais ao plano de marketing para a sua startup. Quer esteja criando e agendando publicações entre canais, fazendo publicações diretamente ou criando anúncios, as redes sociais podem se comunicar rapidamente com seus fãs, amigos e clientes existentes. Elas também podem ajudar a expandir seu alcance e incentivar mais pessoas a conferir seu site, loja ou produtos.

  • Anúncios no Facebook e no Instagram: o Facebook e o Instagram têm mais de um bilhão de usuários cada em todo o mundo, o que significa que você tem uma enorme carteira de clientes potenciais ao seu alcance. Você pode visar segmentos específicos de pessoas com anúncios para a sua startup, como pessoas que vivem em um local específico ou que pertencem a uma determinada faixa etária. E se você é usuário do Mailchimp, pode criar anúncios tanto no Facebook quanto no Instagram diretamente da sua conta.
  • Anúncios no Twitter: o Twitter fornece várias opções de publicidade que ajudam a aumentar a conscientização sobre sua startup, direcionar pessoas para o seu site, atrair novos seguidores e muito mais. Você pode segmentar pessoas por dados demográficos, localização, interesse ou até mesmo com base em outras contas que elas sigam ou palavras-chave que usem em seus tweets.
  • Anúncios no Linkedin: o Linkedin dá a startups a oportunidade de conectarem-se (e promoverem-se) a outros profissionais de mesma opinião. Eles até mesmo oferecem a capacidade de concentrar seus esforços de marketing em grupos específicos de pessoas, como aquelas que trabalham em um setor específico ou ocupam um determinado cargo.

4. Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo concentra-se na criação e compartilhamento de conteúdo como publicações de blog, artigos, vídeos, podcasts e infográficos para seu público-alvo. Ao contrário de seus outros esforços de publicidade ou mensagens promocionais, esse conteúdo não diz respeito apenas a vender. Ele deve fornecer informações relevantes e valiosas com as quais as pessoas se preocupam e realmente querem se envolver.

Com o tempo, o marketing de conteúdo pode se mostrar uma tática econômica que resulta em grandes benefícios para o seu negócio. Além de ajudar você a atrair e converter novos clientes, é também uma ótima maneira de se estabelecer como fonte confiável de informações em seu campo.

5. Promoção offline

O marketing on-line é o principal foco para muitas startups, mas ainda há muito valor na promoção offline. Aqui estão algumas ideias:

  • Crie cartões de visita ou folhetos: Itens físicos, como cartões de visita e folhetos, são uma maneira direta e conveniente de causar uma ótima primeira impressão e contar aos novos amigos o que você tem a oferecer. Crie e imprima cartões de visita profissionais com o nome do seu negócio, suas informações de contato e seu logotipo. Ou crie folhetos que explicam o que você faz e o que vende. Em seguida, procure oportunidades de networking onde possa distribuí-los aos seus colegas e clientes potenciais.
  • Vá onde seus clientes estão: Quando você está começando, o networking desempenha um papel fundamental para desenvolver relacionamentos e fazer seus negócios decolarem. Fique atento a oportunidades de interações presenciais com pessoas que possam estar interessadas em seus bens ou serviços. Visite feiras de negócios ou conferências, participe de encontros para empreendedores em sua área ou faça uma pesquisa e busque reuniões individuais com pessoas que possam ajudá-lo a dar uma nova dimensão ao seu negócio.
  • Envie cartões-postais: Cartões-postais podem ajudá-lo a se destacar da concorrência e dar ao seu público algo tangível para lembrar de você. Eles são uma maneira divertida de se apresentar a novos contatos, anunciar uma nova versão, convidar pessoas a um evento futuro ou qualquer outra coisa que você queira.
  • Faça com que as pessoas falem: o boca a boca é uma das ferramentas de marketing mais eficazes para startups. Quando as pessoas ouvem que seus colegas de trabalho, amigos ou familiares tiveram uma ótima experiência com seu negócio, produtos ou serviços, há uma boa chance de que eles também queiram experimentar. Empenhe-se para criar uma ótima experiência do cliente e superar as expectativas a cada etapa do caminho.
Person pouring liquid from large jug into four small cups.

Etapa 3: meça o sucesso de suas campanhas de marketing de startup

As startups geralmente têm uma quantidade limitada de fundos e recursos disponíveis, por isso é importante que cada centavo gasto leve a resultados tangíveis e mensuráveis. Aqui estão três maneiras de usar dados para informar suas campanhas de marketing de startup.

1. Defina (e acompanhe) os KPIs de marketing

KPIs (indicadores-chave de desempenho) são métricas usadas para rastrear o progresso que você fez em relação às suas metas de marketing e negócios. Se o seu objetivo for aumentar a conscientização da sua marca, escolha KPIs como tráfego do site, compartilhamentos em redes sociais e novos contatos para medir o crescimento do tamanho do público. Se, em vez disso, sua meta for adquirir mais clientes e ganhar mais dinheiro, meça seus KPIs em relação a vendas diárias ou mensais e taxas de conversão.

2. Teste, itere, repita

Não importa o tipo de startup que você opera, é preciso ouvir sempre seu público, mesmo se este estiver se comunicando com você apenas através de cliques, visualizações de páginas e conversões encontradas em seu relatórios. Esteja pronto para fazer ajustes quando algo não estiver funcionando.

Se você está planejando incluir e-mails em sua estratégia de marketing de startup, o teste A/B é uma ótima maneira de saber como pequenas mudanças podem ter um grande impacto sobre seus resultados. Ao criar testes A/B no Mailchimp, você pode escolher uma única variável (assunto, remetente, horários de envio ou conteúdo) e até três variações de um e-mail para ver qual gera mais envolvimento do seu público. E como você também é capaz de selecionar o fator que mede o envolvimento do seu e-mail — seja cliques, aberturas ou receita — é fácil entender quais ajustes o ajudarão a atingir suas metas mais rapidamente.

3. Saiba o que funciona para o seu público

A cada campanha de marketing criada, você aprende mais sobre o seu público. E ao gerenciar seu público no Mailchimp, fica fácil transformar essas informações em ação.

Usando o Mailchimp como CRM, você pode obter uma visão geral das pessoas com quem está falando em seu painel de controle do público e no nível individual em perfis de contato. Veja como seu público se identifica com suas campanhas, saiba mais sobre quem são essas pessoas em termos demográficos, confira as interações do público com a sua marca e adicione qualquer organização que desejar.

Com todos esses dados, você pode melhorar sua estratégia com base em quem faz parte do seu público e o que está funcionando para eles. Deixe que seu público conduza o que você faz e esses KPIs de marketing serão atingidos num piscar de olhos.

Compartilhar este artigo